Termômetro do Varejo
Cinco técnicas para alavancar o consumo em sua loja
Comentários da matéria Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
Atualizado em  |  07/04/2017 10:09
Perfil
Leila Longo Romão
leilaromao@conection.com.br

Graduada em Administração, com pós-graduação em Marketing e Vendas. Iniciou sua vida profissional como bancária do antigo Bamerindus, também atuou como professora e desde 1991 é empresária do ramo de confecções, na área industrial e lojista. Foi presidente da CDL Caçador durante quatro anos e atualmente é presidente distrital da FCDL/SC. A coluna Termômetro do Varejo traz análises de pesquisas do setor, além de orientação para os empresários lojistas, comerciantes e comerciários em geral.

Termômetro do varejo 162

Cinco técnicas para alavancar o consumo em sua loja

 

A vida não está nada fácil para quem tem um negócio no mundo do comércio. A crise econômica vem prejudicando os resultados do setor – apenas no acumulado de 2016, as vendas no varejo enfrentaram um recuo de 6,2% em relação ao ano anterior.

Confira, a seguir, cinco técnicas usados pelos comércios para fazer seus consumidores gastarem mais:

1. Entre pela direita, saia pela esquerda

Destros são a maioria em todos os povos – e não é diferente no Brasil. E, se sua loja promover o movimento que um destro faria, eles se sentirão mais à vontade para olhar os produtos.

2. Uma recepção relaxante

Você já deve ter visto alguma loja tão abarrotada de produtos que, já na porta no estabelecimento, a claustrofobia toma conta com tantas prateleiras e araras. É por isso que o primeiro metro do seu negócio deve ser um espaço voltado para reduzir a velocidade do consumidor.

3. Experimentação: ambiente chamativo e produtos à mão

Ao desenhar sua loja, não pense apenas em como vender produtos e serviços: pense em como criar uma experiência de consumo. Além da decoração do ambiente, um ponto importante para quem vende produtos é estimular o contato do cliente com eles por meio dos sentidos.

4. A iluminação só destaca o essencial

Muitos lojistas não acham necessário investir muito em iluminação. Porém, ela faz toda a diferença na hora fazer seus clientes gastarem mais ou menos nos seus produtos. A iluminação faz o produto aparecer e demonstrar sua qualificação certa. Uma iluminação errada pode fazer o produto não ser vendido.

O mesmo vale para vitrines: aposte em uma iluminação que valorize cada

5. Distribuição das peças ajuda a vender mais

Pense em uma loja de roupas que possui peças femininas, masculinas e infantis, mas seu público-alvo são mesmo as mulheres. Onde ela deve colocar esses produtos? Se você respondeu no começo da loja, está enganado: os produtos mais interessantes devem estar visíveis, mas mais afastados da entrada.

Se você colocar logo na entrada, a consumidora irá olhar aquela arara e logo ir embora. Mas, se colocar no final do ciclo de compras, ela pode passar por outras peças e isso pode ativar outros desejos. A forma de dispor os produtos a serem vendidos pode fazer com que a pessoa consuma mais, desde que o empreendedor saiba exatamente quem é seu público.

Nesse caso, a cliente poderia tanto comprar presentes para outras pessoas quanto comprar mais peças para ela mesma. É um fenômeno que chamamos de “venda cruzada”: o consumidor leva produtos que nem estava pensando em adquirir.

Fonte: Portal Exame


01/09/2017 12:31
A linda e o anjo
Márcio Roberto Goes
01/09/2017 12:30
Três passos para gerenciar bem uma equipe
Leila Longo Romão
09/08/2017 18:26
Como reduzir custos na empresa sem promover demissões
Leila Longo Romão