Toni Corrêa

Moreira se apronta para o "partidor"


Quem imaginou que o vice-governador Eduardo Moreira (MDB), governador em exercício e virtual governador titular, estava fora do páreo das eleições deste ano, por estar redondamente enganado.

Com Mauro Marini patinando, Udo Doller ainda se esquivando e Dário Berger na moita, Moreira pode estar montado seu projeto de candidato a governador, no caso à reeleição, se realmente Raimundo Colombo (PSD) confirmar a renúncia para concorrer ao Senado.

Moreira fará um enxugamento da máquina administrativa, deixando secretarias obsoletas sem titular, juntando autarquias e até extinguindo algumas.

Discurso de governador, que promoverá um choque de gestão.

De repente, se viabiliza como candidato.


Toni Corrêa

Bacharel em Secretariado Executivo Bilíngue, Mestre em Ciências da Educação, atua na área da comunicação desde 1988, com longas passagens pelo rádio, jornal e portal de notícias. É também escritor, cerimonialista e palestrante. Sua coluna traz informações sobre os bastidores da política local, regional e nacional, além de economia e assuntos gerais, que interessam principalmente a Caçador e região.

tonicorrea@gmail.com