Caderno C

O corpo fala, grita, chora, dança e quer respostas. “Insones” em Caçador


Vocês não podem imaginar como foi difícil pra mim, hiperativo, ficar sentado em um ambiente, assistindo a uma peça que falava sobre a batalha travada entre o corpo e a insônia. Os efeitos da vida moderna sobre o sono reparador, do qual todos têm direito, mas nem sempre é o que acontece devido aos problemas cotidianos.

Essa é a trama de “Insone”, uma peça que nos remete ao dia-a-dia das metrópoles, das linhas de produção, da agitação louca do dia.

E quem nos faz repensar essa louca realidade é o Grupo Z de Teatro, de Vitória no Espírito Santo, que veio até o sul no projeto Palco Giratório do SESC.

Grupo este que desde 1996, vem atuando em vários palcos do país, apresentando suas interpretações sobre as várias facetas do ser humano em suas trajetórias pela vida e pelo mundo, através das apresentações em espaços alternativos e da utilização do corpo como linguagem.

A vida segue lentamente da forma mais rápida em nosso dia-a-dia e o que fazer se não nos resta tempo para o descanso, pois nosso cérebro não para? O subconsciente nos impõe situações que passaram despercebidas enquanto o consciente nos mostra problemas, cálculos, ideias, soluções, água, luz, condomínio e por aí vai. Onde fica o nosso “direito” ao sono? O descanso diário para que possamos realizar as tarefas do dia. Tudo o que acontece àqueles que são acometidos pela insônia, a falta de sono, uma crítica ao nosso estilo de vida consumista e cheio de urgências e até falsas necessidades.

A sobreposição do ”ter/consumir/produzir” sobre o “ser”.

Sob esta ótica caótica a peça segue construindo o pano de fundo para nossa reflexão posterior ao espetáculo, onde juntamente com os atores/intérpretes discutimos os dogmas da sociedade de consumo e qual nosso papel diante desta realidade, e o que fazemos para que esta situação, estilo de vida, não nos consuma por completo.

Como foi dito, não existe uma receita para uma vida melhor sem que façamos exercícios para reduzir o ritmo diário, nos preocupando mais com nossa integridade física e mental e, é exatamente este ponto que o Grupo Z de Teatro veio nos propor, olhar mais pra dentro de nós para entender melhor a vida do lado de fora.

Para quem quer conhecer mais sobre o Palco Giratório siga o link abaixo:

http://www.sesc.com.br/palcogiratorio/

Conheça mais sobre o Grupo Z de Teatro:

http://www.sesc.com.br/palcogiratorio/insone.html

http://www.facebook.com/pages/Grupo-Z-de-Teatro/278357178851888?fref=ts

Nos encontramos por aí! Abraços!

Texto Kinder Kloss

Sugestões para kinderkloss@gmail.com

Clique aqui para conferir as fotos do evento, clicadas por Vanessah Kloss



Comentários (2)

Angela

25/06/2013 14:48

Muito bom ver a reação e satisfação do público. Um espetáculo muito diferente do que estamos acostumados a ver, porém com a mesma qualidade de sempre! Parabéns Kinder e Vanessah pela matéria! Como sempre vocês disseminando, com qualidade, a cultura em Caçador!

Gabriel

25/06/2013 14:27

Maravilha de espetáculo. Bom também foi observar a estranheza nos olhares dos presentes. Angela, trate de trazer peças! hehehe

Deixe seu comentário