Sábado
Juventude: Protestos e revoluções por minuto em tempos de Copa do Mundo
Comentários da matéria Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
Caçador Online  |  26/06/2013 23:40

“Um belo dia para uma revolução!” Foi a frase que li em um cartaz e que serviu perfeitamente para ilustrar o clima do sábado. Ensolarado, colorido e com um cheiro de democracia no ar.

foto1
clique na foto para ampliar

Mais de mil pessoas estiveram presentes que de forma muito organizada e ordeira manifestaram suas críticas com cartazes coloridos e palavras de ordem.

Cabe ressaltar a participação da Polícia Militar e agentes da Dittesc que preservaram a integridade dos manifestantes e apenas protegeram de forma exemplar os bens públicos e privados, sem precisar usar de violência. Isto porque a população presente na manifestação tinha como objetivo protestar e não agir de forma deselegante ou gerar conflitos e quebra-quebra.

foto2
clique na foto para ampliar

Cartazes sobre saúde, educação, copa do mundo, transporte público eram esperados, o que não se esperava é que a Polícia Civil, através de alguns agentes se fizesse presente. Cartazes que deixavam clara a indignação dos policiais civis sobre a postura do governo em relação ao efetivo e as condições de trabalho onde, segundo um cartaz, existem apenas 23 agentes para aproximadamente 70.000 habitantes de nossa cidade.

foto3
clique na foto para ampliar

A ideia que surgiu a partir de dois estudantes, Derlei e Jhuann, tomou corpo nas redes sociais e ganhou apoio da FAVACE e de outras pessoas “anônimas”, que se pintaram e vestiram verde-amarelo para mostrar que somos tão brasileiros quanto nossos governantes e, que nosso imposto deve ser devolvido em forma de investimento no que o povo decidir, segundo o que todo governante insiste em dizer, Orçamento Participativo, e não o faz em sua maioria. Exigiam através de cartazes e gritos de protesto que tem direito a transporte público de qualidade por um preço justo, de hospitais com médicos (não adianta importar médicos se não temos hospitais – “Ato Médico”), que não querem mais impunidade através de uma “ditadura disfarçada de democracia” (PEC37), valorização pessoal e profissional de professores, melhorando assim, a educação que nós (Universidades, no caso a promessa da UDESC em Caçador) e nossos filhos recebemos nas escolas públicas e o “Basta!” para o modelo de gestão da Fifa sobre nosso território e sobre o “futebol moderno” que vai faturar bilhões durante a Copa de 2014 e que pouco deixará nos cofres das empresas brasileiras.

O término da manifestação se deu em frente ao prédio da administração municipal onde todos depositaram seus cartazes no chão como ato simbólico de protesto.

foto4
clique na foto para ampliar

Acredito que tenhamos atingido alguns objetivos com a manifestação, mas percebo que houve críticas durante a mesma em relação ao dia e duração do evento, pessoas sugerindo que fosse realizado em um dia da semana, para assim, mobilizar mais a população e ampliar a passeata por mais ruas de nossa cidade.

Deixo meus cumprimentos à população caçadorense que foi às ruas fazer sua parte e que já promete uma continuidade ao movimento.

Clique aqui para ver a sessão de fotos do evento. Trabalho de Vanessah Kloss

Para saber mais e acompanhar o desenrolar das manifestações em Caçador:

http://www.facebook.com/events/542893842413139/?fref=ts

Abraço e nos vemos por aí em outra manifestação!

Texto Kinder Kloss

Sugestões para kinderkloss@gmail.com

Comentários (1)
 

27/06/2013 14:10 - Ivete
O povo tem que ir às ruas mesmo. Venham conosco. Precisamos acabar com essa corrupção que corrompe com a VIDA das pessoas. Parabéns a todos os manifestantes. Foi lindo ver a juventude nas ruas, e o melhor: Reivindicando por um país mais digno.

Deixe seu comentário
Os comentários não representam a opinião do Portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Comentários com ofensas pessoais, publicitários, de cunho político e palavras de baixo calão serão excluídos.
* Identificação:
* Comentário:
 
 
Caçador - 16/01/2017 13:31
Empresas “inativas” são notificadas e correm risco de perder o registro
Ao todo, 55 pessoas jurídicas deverão esclarecer a continuidade das atividades
2016 - 16/01/2017 12:58
Arrecadação de SC cresce 3,51% sem aumentar impostos
O desempenho é R$ 1,8 bilhão inferior à meta da Lei Orçamentária Anual de 2016
Fraiburgo - 16/01/2017 11:45
Grupo oferece recompensa para informações de desaparecidos
A oferta de R$ 5 mil é para quem souber de algo que leve ao paradeiro deles
Mensagens - 16/01/2017 10:49
Definido número da Defesa Civil para alertas via SMS
Trata-se de uma iniciativa que integra projeto piloto desenvolvido em SC
Promoção - 16/01/2017 10:03
Confira quem ganhou os carros da Mazutti
Os veículos Fiat Pálio e VW Voyage foram sorteados neste domingo no Parque Central
Novidade no esporte - 15/01/2017 15:27
Caçadorense deve voltar aos gramados profissionais em 2017
O projeto está sendo criteriosamente desenvolvidos para priorizar o amador
Ajuda - 15/01/2017 13:47
Jovem procura os pais adotivos de Caçador que não vê há 9 anos
Ana Paula foi criada até os 12 anos pelo casal até voltar para a mãe biológica
Polícia Militar - 15/01/2017 10:55
Foragido tenta agredir policial com uma faca em Caçador
Eleandro Souza dos Santos também é suspeito de ter arrombado e invadido uma residê