Caderno C

Barro: Poemas concebidos sem pecado


A infância no interior, as divagações do imaginário infantil, tudo influenciou a obra de Manoel de Barros, principalmente a atitude do pai, que o presenteou com material de escrita ao invés de uma enxada e deu apoio às suas ideias de ser um “fraseador”, pois não queria ser um doutor de gente ou doutor de leis.

A apresentação chega até nós por meio do Teatro Em Tramite, que desenvolveu sua arte baseada na mais simples forma, onde o poeta menino e o poeta adulto relembram de seus devaneios infantis e os versos criados durante seu amadurecer na arte da poesia.

Texto totalmente extraído da obra de Manoel de Barros e interpretado de forma excepcional nos faz lembrar quando éramos crianças e tínhamos nossos sonhos e de quando a vida nos colocou na situação onde nossos pais decidiram nosso futuro... Incentivando ou não aquele sonho infantil.

O surgimento da poesia no ser humano, o ato de ser humano em um mundo que não valoriza a vida através da poesia, o nascimento do poeta em cada um, assim surgiu o “Barro”, dessa necessidade de mostrar toda a simplicidade de um grande “fraseador” brasileiro.

Para quem quiser conhecer mais sobre a peça e sobre o Teatro Em Tramite segue o link:

https://www.facebook.com/teatroemtramite?fref=ts

http://www.teatroemtramite.com.br/

Mais uma vez o SESC nos presenteia com um excelente espetáculo, lamento que as crianças que seriam levadas ao SESC para assistir esta apresentação não puderam ir devido ao imenso frio que assolou nossa região e fez com que as aulas fossem dispensadas, impedindo-os de lá estar e assistir ao “Barro”.

Vemo-nos por aí nos espetáculos culturais de nossa fria Caçador! Abraços!

CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS



Comentários (0)


Deixe seu comentário