Saúde do Homem
Adami promove ações da campanha Novembro Azul
Comentários da matéria Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
Caçador Online  |  11/11/2015 19:06

Com o slogan “Homem que se ama, se cuida”, a campanha “Novembro Azul” iniciou internamente em na empresa Adami no dia 3 e se estenderá durante todo o mês, envolvendo os colaboradores de todas as Unidades de Negócio e Setores de Apoio. O foco principal são os homens (colaboradores, pais, maridos, filhos).

A campanha envolve ações para conscientização sobre a saúde do homem, com trabalhos direcionados a prevenção e distribuição de material informativo abordando verdades sobre a detecção precoce da doença.

foto1
clique na foto para ampliar


Durante o mês de Novembro, serão realizadas ações internas de mobilização e orientação aos homens para prevenir o câncer, tanto de próstata, quanto de outros tipos de tumores. (Confira todas as fotos abaixo).

foto2
clique na foto para ampliar


Sobre a campanha na Adami S/A

A Adami S/A também se preocupa com a saúde dos seus colaboradores, motivo pelo qual a equipe do Setor de DRH/SS se envolveu na campanha para incentivar os colaboradores a buscarem a prevenção, uma vez que o diagnóstico precoce da doença é muito importante para aumentar as chances de cura, embora muitos homens tenham resistência à realização desses exames por preconceito.

foto3
clique na foto para ampliar

O que é o Novembro Azul

É uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades durante o mês de novembro, dirigida a sociedade e principalmente aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas. O movimento surgiu na Austrália em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado em 17 de novembro e desde então, a data passou a ser celebrada todo ano.

Objetivo da campanha Novembro Azul

O objetivo da campanha “Novembro Azul” é promover a conscientização sobre a doença e compartilhar informações sobre o câncer de próstata, segundo tipo mais comum da doença entre os homens. Quando a doença é diagnosticada ainda no início, as chances de cura são de aproximadamente 90%. Os fatores de risco são a idade, histórico familiar, raça, alimentação inadequada, sedentarismo, obesidade e os sintomas costumam aparecer nos casos mais avançados, situações em que a pessoa começa a sentir vontade de urinar com frequência, dificuldade para urinar, dor óssea, debilidade física, insuficiência renal, dores fortes no corpo, etc.

foto4
clique na foto para ampliar

Sobre o câncer de próstata

O câncer da próstata desenvolve-se quando as células da glândula da próstata começam a se multiplicar e crescer descontroladamente. Em muitos casos, esse é um processo de crescimento lento e o homem não percebe a sua evolução, pois ele pode nunca ocasionar um sintoma ou problema. Há, contudo, casos em que o processo é muito acelerado, com o câncer crescendo rapidamente, o que irá requerer tratamento para evitar ou retardar que ele se espalhe por outros órgãos.

Realização de exames anualmente

Dados estatísticos comprovam que no âmbito mundial, o câncer de próstata ocupa o sexto lugar, representando 10% dos casos de câncer. Atualmente, ao se descobrir a doença já é possível avaliar sua agressividade, porque nos últimos anos, estudos de imagem realizados em biópsias dos tumores possibilitaram individualizar a doença e determinar o melhor tratamento para aquele caso. Ao ser classificado como de baixo risco, pode ser indicado o tratamento de vigilância ativa, metodologia baseada na observação da evolução do quadro sem intervenções terapêuticas quando o câncer é classificado como indolente e o paciente se enquadra em uma série de requisitos. A realização dos exames do toque retal e da dosagem sérica de PSA (Antígeno Prostático Especifico) são de extrema importância e tais exames devem ser realizados anualmente por todo homem acima de 50 anos ou a partir de 40 a 45 anos, caso haja histórico da doença na família

“Agora é a vez dos homens! Quase 50% dos homens brasileiros nunca realizaram o exame de próstata. É simples, basta se conscientizar e consultar um urologista. Vamos deixar de lado o preconceito, curtindo e compartilhando essa ideia.”

Câncer de Próstata, a gente precisa tocar nesse assunto!

foto5
clique na foto para ampliar

foto6
clique na foto para ampliar

foto7
clique na foto para ampliar

Equipe de homens do RH

foto8
clique na foto para ampliar

Sensibilização no Departamento de Logística

foto9
clique na foto para ampliar

Sensibilização no Depto. de TI

foto10
clique na foto para ampliar

Toda a Equipe de RH

Comentários (1)
 

12/11/2015 18:32 - Ivete
Parabéns.

Deixe seu comentário
Os comentários não representam a opinião do Portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Comentários com ofensas pessoais, publicitários, de cunho político e palavras de baixo calão serão excluídos.
* Identificação:
* Comentário:
 
 
Deputado - 27/03/2017 18:46
Recursos para hemodinâmica do Maicé estão garantidos, informa Cobalchini
O setor de hemodinâmica do Maicé está em fase final de construção
Fruto - 27/03/2017 18:16
Colheita de pinhão será liberada a partir de sábado
A Polícia Ambiental de Caçador orienta a população a respeitar o prazo legal
Economia - 27/03/2017 17:45
Presidente da Câmara devolve mais R$ 200 mil ao Executivo
Rubiano Schmitz esteve no gabinete do prefeito Saulo Sperotto
Caçador - 27/03/2017 16:37
Idosa é atropelada por Fiorino no Centro
A vítima de 67 anos foi atingida pelo veículo na rua Benjamin Constant
Oportunidade - 27/03/2017 15:56
APAE de Caçador tem vaga para professor temporário
Chamada pública acontece na quarta-feira, 29 às 14h
Quadrinhos - 27/03/2017 14:00
Jovem quadrinista de Caçador apresenta projetos na Fiesc
Integrante do Conexão Jovem, Cleiton Patrick Danelli participou de reunião
Caçador - 27/03/2017 11:42
PM e Guarda Municipal garantem segurança da festa
Nenhuma ocorrência foi registrada durante os dois dias, segundo a PM
Em Joinville - 27/03/2017 11:25
Representantes da Caçador participam da Expofecam
"Tudo o que aprendemos vai contribuir para uma melhor gestão", diz Josete