Repercussão

Caçadorense apitou jogo da Chape na véspera da tragédia

Jonas Estevão da Silva foi o árbitro da final dos juniores na segunda-feira

O caçadorense Jonas Estevão da Silva esteve em Chapecó na segunda-feira, 28, até poucas horas antes da cidade receber a notícia da queda do avião que levava o time para a Colômbia. Jonas foi o árbitro da final do Estadual de juniores entre Chapecoense e Criciúma.

Também de Caçador, o assistente Jeferson Maciel foi outro a trabalhar nesse jogo.
A partida foi disputada às 15h30 de segunda-feira na Arena Condá e terminou em 1 a 0 para os meninos da Chape. O jogo de volta seria na próxima semana em Criciúma, mas a Federação Catarinense de Futebol cancelou a competição.

“A cidade toda estava numa expectativa muito grande com o time. Apitei alguns jogos lá, mas nunca vi nada igual. Os dirigentes que não viajaram para a Colômbia e que estavam no jogo dos juniores eram só alegria. Não consigo imaginar como eles receberam a notícia da tragédia horas depois”, relatou o árbitro caçadorense.

Segundo Jonas, a diretoria da Chapecoense falava em levar 250 ônibus para o jogo de volta da final da Copa Sul Americana no estádio Couto Pereira, em Curitiba, no dia 7 de dezembro.



Comentários (0)


Deixe seu comentário