Na Acic

Caçador deverá ter Centro Tecnológico e escritório do Imetro

Reunião para debater o assunto contou com lideranças políticas e empresários

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Chiodini, garantiu na noite desta quinta-feira que Caçador deve ganhar um Centro de Inovação Tecnológica e também um escritório do Imetro. Chiodini também fez uma apresentação das atividades as Secretaria e um balanço da economia do Estado.
 
A pedido do deputado Valdir Cobalchini (PMDB) ele se reuniu, em Caçador, com lideranças locais representativas da Associação Comercial e Industrial de Caçador, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Uniarp, Fiesc, Prefeitura e Associação de Micros e Pequenas Empresas (Ampe). O presidente da Uniarp, Auri Baú, colocou a Uniarp à disposição para iniciar as discussões do projeto.

Sobre o Centro de Inovação Tecnológica, o secretário garantiu que o projeto já existe e a inovação está dentro da política de desenvolvimento do Estado. “Basta agora que as lideranças aqui da região, capitaneadas pelo deputado Cobalchini levem o pedido até o governador Raimundo Colombo para que o projeto se torne realidade”, afirmou.
 
“Vamos começar a mobilização com a sociedade já no início do próximo ano, criando um comitê gestor, unindo os parceiros para darmos o start”, explicou Chiodini, explicando que o Centro que deve ser construído em Caçador receberá investimentos na ordem de R$ 4,5 milhões.

Já com relação ao Imetro, anunciou que está no planejamento do órgão abrir um escritório em Caçador. “Vamos evoluir esse assunto, através de uma parceria, quem sabe com a Prefeitura cedendo um espaço, para abrirmos esse escritório que vai atender toda a região. O meio-oeste precisa de um escritório do Imetro e Caçador é o lugar ideal”, sinalizou.

REIVINDICAÇÃO - Para o deputado Valdir Cobalchini, esse foi um primeiro passo e agora vamos articular em conjunto com setor público e privado para termos o Centro de Inovação Tecnológico para Caçador. “Essa é uma reivindicação nossa que agora vamos unir toda a região para trabalharmos juntos e trazermos esse investimento para Caçador”, assinalou, agradecendo o secretário pela ida a Caçador tratar do assunto.
 
 
Imetro - Já sobre o escritório do Imetro, o deputado assegura que o objetivo é desburocratizar e descentralizar o serviço. “Hoje, o escritório mais próximo está em Chapecó. Com uma instalação em Caçador é possível atender toda a região meio-oeste e parte do planalto norte, facilitando o acesso daqueles que necessitam”, afirma.
 
Centros tecnológicos – Esse é um projeto do Governo do Estado que está sendo implantado em  outras 12 cidades de Santa Catarina.  A exemplo da criação das universidades regionais que trouxe para o interior a oportunidade de qualificação, essa ação é uma decisão histórica. Os Centros de Inovação chegam com essa mesma proposta: de trazer qualidade de vida, de modernizar a economia e fortalecer o modelo catarinense de distribuição demográfica que faz toda a diferença em favor do estado e que garante oportunidades iguais a todos os cidadãos.



Comentários (1)

Professora

02/12/2016 00:33

Cobalchini, desde que vc chegou em Caçador, tem feito muita diferença. Hoje, deputado, mas sempre trazendo melhorias, inovações. Caçador so ganhou com vc inserido . Continua. Tudo isso é otimo p nos. Abraço e força, sempre!

Deixe seu comentário