Investigação

Autor de homicídio se apresenta à delegacia de Lebon Régis

Juarez assumiu o crime e está colaborando com as investigações

Se apresentou na tarde desta segunda-feira, 9, na delegacia de Lebon Régis, Juarez Alexandro Pereira, autor confesso do homicídio de Marcelo do Prado Veiga, agente penitenciário morto no domingo. O suspeito não foi preso porque está colaborando com a polícia.

Segundo o delegado Raphael Rampinelli, Juarez colaborou com as investigações e entregou a arma de fogo utilizada no ocorrido, um revólver calibre 32.

“O suspeito alegou que efetuou os disparos para proteger sua esposa Erenita (irmã da vítima), versão esta que foi confirmada por Erenita que afirmou que seu irmão estava desferindo socos em seu rosto e cabeça no momento do ocorrido”, explica o delegado.

O inquérito policial será remetido ao Ministério Público e Poder Judiciário para as providências cabíveis.

 

Leia mais:
Agente penitenciário foi morto após agredir irmã deficiente, diz pai à polícia



Comentários (0)


Deixe seu comentário