Presidente

Prefeito de Lebon Régis assume interinamente a direção do CIGA

O fato ocorreu devido ao encerramento do mandato dos gestores que faziam parte

O prefeito recém-empossado de Lebon Régis, Douglas F. de Mello, assumiu como presidente interino do CIGA (Consórcio de Informática na Gestão Pública Municipal). O fato ocorreu devido ao encerramento do mandato dos gestores que faziam parte da chapa eleita na última Assembleia Geral do consórcio. Com isso, o ex-prefeito Ludovino Labas, deixou a função de presidente do CIGA.

Os demais membros do Conselho de Administração que assumiram interinamente são: o prefeito de Ilhota, Érico de Oliveira;o prefeito de Anchieta, Ivan José Canci e o prefeito de Pinhalzinho, Mario Afonso Woitexem. No Conselho Fiscal do consórcio quem assume é o atual prefeito de Gravatal, Edvaldo Bez de Oliveira; o prefeito de Paulo Lopes, Nadir Carlos Rodrigues e o prefeito de Mafra, Wellington Bielecki.

Assembleia Geral do CIGA

Neste ano a Assembleia Geral do CIGA está agendada para o dia 27 deste mês em Florianópolis. Na ocasião será realizada nova eleição para o Conselho de Administração e Conselho Fiscal da entidade. Durante o encontro também será feita a prestação de contas referente ao ano anterior e apresentação do planejamento para 2017.

Uma chapa preliminar está sendo montada a partir de indicações realizadas pelas associações de municípios. A diretoria costuma ser montada por consenso, é um trabalho voluntário dedicado a um propósito coletivo.

Recentemente divulgamos que o CIGA fez o balanço das atividades desenvolvidas no ano anterior. O propósito do consórcio é ser provedor de soluções tecnológicas para 100% dos municípios de Santa Catarina. Para isso o CIGA prevê a ampliação dos produtos, sempre com foco no interesse dos consorciados.

Como concorrer à diretoria do CIGA

Todos os prefeitos de municípios consorciados ao CIGA podem concorrer aos cargos do Conselho de Administração e Fiscal. As chapas que irão concorrer podem ser formadas até minutos antes da eleição. Mas, para manter a representatividade de todas as regiões do Estado é comum que cada Associação de Municípios indique seus representantes. A partir disso costumam-se formar chapas com prefeitos de diversos partidos políticos, a fim de manter a neutralidade.



Comentários (0)


Deixe seu comentário