Saúde
Vacinação contra a febre amarela é incentivada em Caçador
Ao total, 162 munícipios em Santa Catarina tem áreas de recomendação de vacinas
Comentários da matéria Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
Caçador Online  |  11/01/2017 12:02

O incentivo à imunização contra a febre amarela está sendo reforçado pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado da Saúde em razão das notificações de 12 casos e cinco óbitos suspeitos de febre amarela, em seis municípios de Minas Gerais. Ao total, 162 munícipios em Santa Catarina tem áreas de recomendação de vacinas.

foto1
clique na foto para ampliar

Na região os municípios de Arroio Trinta, Caçador, Fraiburgo, Iomerê, Pinheiro Preto, Salto Veloso, Tangará, Treze Tílias e Videira também estão na relação de cidades incentivas para efeturar as vacinas. Apesar de Santa Catarina não registrar casos de febre amarela em humanos desde 1966, a vacinação contra a doença é indicada para 100% da população dos 162 municípios catarinenses que integram a Área com Recomendação de Vacina contra Febre Amarela (ACRV).

Além da população residente nestes municípios, a vacinação é recomendada para todos as pessoas que residem ou viajam para regiões silvestres, rurais ou de mata de qualquer um dos 3.530 municípios brasileiros considerados ACRV. Essas cidades são localizadas em todos os estados das regiões Norte e Centro-Oeste; em Minas Gerais e no Maranhão e em alguns municípios do Piauí, Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com Eduardo Macário, diretor da Vigilância Epidemiológica de SC, quem ainda não é vacinado e pretende viajar para essas áreas deve procurar um posto de vacinação pelo menos dez dias antes da viagem.

“Pessoas que ainda não foram vacinadas ou que receberam apenas uma dose há mais de dez anos, devem se vacinar contra a febre amarela. A vacina é indicada para as pessoas acima de nove meses de idade, tendo eficácia de 95%, produzindo anticorpos protetores a partir do 10º dia após a vacinação”, alerta.

A imunização oferece total proteção contra a doença, que pode ter curta duração ou evoluir para formas graves e levar até mesmo à morte. A vacina é gratuita e está disponível nas salas de vacinação das unidades de saúde pública de Santa Catarina.

Comentários (1)
 

11/01/2017 12:28 - Redução do $ dos vereadores.
Redução das mordomias e do salário dos veriadores . Isso sim iria ajudar a saúde no município. Aplicar o dinheiro público onde realmente é necessário.

Deixe seu comentário
Os comentários não representam a opinião do Portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Comentários com ofensas pessoais, publicitários, de cunho político e palavras de baixo calão serão excluídos.
* Identificação:
* Comentário:
 
 
No Centro - 27/02/2017 21:39
Motorista dá ré e corta frente de motociclista
O piloto de 24 anos foi atendido pelos bombeiros e levado ao hospital Maicé
Acidente - 27/02/2017 18:13
Mulher fica ferida após ser atropelada no Centro
A vítima foi levada ao pronto socorro com suspeita de fratura em três ossos
Recuperado - 27/02/2017 17:02
Dono de carro furtado encontra o veículo estacionado
O Gol Special estava na rua Haide Benetti Busato, no bairro Nossa Senhora Salete
Show de Prêmios - 27/02/2017 15:23
CDL faz entrega dos prêmios da promoção
Fabiana ganhou um automóvel zero quilômetro e a vendedora ganhou um notebook
Acidente - 27/02/2017 15:07
Morre mulher que teve 40% do corpo queimado em Caçador
A vítima foi atingida por uma explosão causada por gás de cozinha
De Caçador - 27/02/2017 14:49
Cavernosos participam de desfile no Carnaval de Joaçaba
Dezesseis integrantes do grupo desfilaram juntamente com a escola Aliança
Denúncia - 27/02/2017 12:02
Polícia Militar encontra quatro crianças abandonadas no bairro Martello
As crianças têm 8 meses, 2 e 14 anos; a mãe estava trabalhando na colheita de maça
Balanço - 27/02/2017 11:26
Bombeiros atenderam 48 ocorrências neste fim de semana
Os atendimentos foram desde casos clínicos até acidentes e agressões