Prefeitura

Saulo Sperotto toma mais uma medida para reduzir gastos

Os servidores não podem mais converter licença prêmio e férias em dinheiro

O prefeito de Caçador, Saulo Sperotto, suspendeu temporariamente a conversão de licença prêmio e férias em dinheiro. A medida, que começou a valer desde segunda-feira, 9, faz parte das ações para equilibrar financeiramente as contas da Prefeitura com base na economicidade.

A partir de agora, os servidores públicos municipais não poderão converter nem a licença, nem as férias em dinheiro. Os dois direitos continuarão a ser concedidos normalmente conforme as condições previstas no Estatuto dos Servidores.

Segundo a portaria que efetivou a mudança, poderá haver casos excepcionais. O pagamento poderá ser liberado apenas para as questões emergenciais, com prévia autorização especial do prefeito, desde que demonstrada a extrema necessidade.

A decisão é baseada na Lei de Responsabilidade Fiscal que exige dos administradores públicos a correta aplicação dos recursos públicos. A desobediência desses princípios pode resultar em sanções civis e criminais contra o ordenador de despesas.



Comentários (6)

Iraci dos Santos

12/01/2017 10:20

Pelo que eu vi o dinheiro que vem do governo federal pelo FUNDEB que é destinado para a educação que era para o salário e aperfeiçoamento dos professores foi desviado pelo outro prefeito que terá que responder por isso. Só espero que não venham querer economizar em educação porque em educação não se economiza, se investe.

TRIPLICAR O SALÁRIO..............

12/01/2017 09:58

Triplicar o salário de todos os servidores, inclusive vereadores e etc, seria uma ótima medida para combater a crise econômica. Com mais dinheiro no bolso, todos os servidores gastarão mais, melhorarão o movimento do comercio, que vai aumentar a oferta de empregos e etc. Saulo tem que mandar imediatamente o projeto de lei para a câmara aprovar rapidinho. Esquece a oposição, eles não fizeram nada, consequentemente não podem falar nada.

Gerusa Marques

11/01/2017 19:28

Mas Prefeito o que o Sr. Precisa fazer e mandar uma medida ou decreto para a câmara reduzindo os seus salários tanto do executivo quanto do legislativo. Mas isso era pra ser feito no primeiro ato.

Fabiana Lupet

11/01/2017 19:13

Essas medidas sao paleativas. Teve redução no quadro. Mas vai saber até quando? Todos sabem que com o andar da carruagem vai ser inchado de cabides novamente. Promessa de campanha e compromissos vao pesar e em pouco tempo vai estar lotada as salas. Mas o que tem que fazer ele nao faz que é reduzir os salários e as mordomias dos poderes.

Veruska Silva

11/01/2017 18:53

Isso vai ajudar na economia da prefeitura mas o que deve ser feito e nao sei o por que ainda ninguem tomou tal atitude que é reduzir os proprios salários. Estamos esperando srs vereadores e Sr. Saulo.

Norbert

11/01/2017 18:48

Ajuda mas o mais importante ele nao fez e nem os vereadores eleitos. Que é reduzir os proprios salários a níveis aceitaveis. Em um município que a média fica em torno de 1000.00 para um trabalhador que trabalha em muitos casos de segunda a segunda, é um absurdo pegar uma fortuna e ainda ter regalias de tudo quanto é tipo para pouco fazer.

Deixe seu comentário