Sem sossego

Em um único dia, PM atendeu 13 ocorrências de perturbação

A média é de aproximadamente 600 casos por ano, um alto número para a cidade

É alto o número de ocorrências de perturbação do sossego atendidas pela Polícia Militar na cidade de Caçador. Somente no sábado passado, 15, foram atendidas 13 ocorrências desse tipo, correspondendo 23% de todos os atendimentos feitos no dia.

Nos três primeiros meses do ano, foram atendidos em Caçador 117 casos. A média anual é de aproximadamente 600 ocorrências de perturbação.

Na maioria das situações, a PM de Caçador prioriza o atendimento de crimes contra a vida, contra a integridade física e contra o patrimônio, que são situações mais graves. Portanto, mesmo sendo uma situação incômoda, a perturbação será atendida somente dentro da disponibilidade.

O setor de comunicação da PM alerta que o ato de perturbar o sossego alheio é uma contravenção penal que pode resultar em pena de 3 meses a 2 anos de prisão simples, além de outras responsabilidades perante o Código Ambiental Brasileiro. Dependendo da situação, a PM confeccionará um termo circunstanciado, além da apreensão do objeto gerador de som.

“Onde acaba o direito de um, começa o do outro”, lembra a Polícia Militar.



Comentários (25)

Drosóphila M. Gaster

19/04/2017 14:41

Ouvem essa porcaria o dia todo e aí vão reclamar que ficaram surdo por causa do barulho do serviço de operário na indústria. E pedem indenização contra o patrão pela surdez e pelos morais. Os perito do INPS já investigam isso. E os médico do trabalho também. Quando essa gente fica mais velha vai ficar tudo surdo dessa porcaria. E vão ser corno porque não vão ouvir a mulher sair na madruga prá ir buscar consolo com o vizinho, enquanto eles fazem barulho com essa droga. Ou seja: no futuro vai ser um bando de surdo, corno, desempregado e sem aposentadoria. E com esse bate-estaca vibrando o traseiro sentado no banco do carro

Contribuinte

19/04/2017 12:26

Tenho nojo de maconheiros que extrapolam os limites do ridículo! Pena que hoje as leis são mais brandas. Pode ter som alto, fumar maconha (consumidor - dependente), beber e dirigir embriagado, comprar e não pagar, fazer sexo com quem quiser, e parece que tudo isso é normal!

Caçadorense

19/04/2017 12:22

"oobservadora" Quanta ignorância! Você pode fazer "tudo" aquilo que não é contra a lei e não incomoda os vizinhos! Se no teu tempo (muiiitttoo tempo),poderia fazer de tudo, hoje tem lei e precisa ser cumprida.

Oswaldo

19/04/2017 11:25

Se eu fosse policial ia viver de multar carro rebaixado e esses que tem mais aparelho de som que uma discoteca. Bando de badernista, só incomodam. Ainda se fosse um heavy metal, mas não, só sertanojo... Se querem escutar essa músicas bregas então que coloquem fones de ouvido e derretam os seus tímpano e o seu cérebro, não o meu.

moradora do Reunidas

19/04/2017 10:21

concordo que todo mundo tem direito a escutar musica... mas todo o santo dia (de segunda a segunda)... e umas asneiras que não da pra se chamar musica... não importa se a musica não é de "tremer" as janelas da sua casa, o que importa é que a maioria trabalha durante o dia todo e a noite não quer nada a menos do que sossego! querem musica todo dia? porque não pedem para o dito vereador quando estava se elegendo que cansou de falar que iria atras de lugares para festas / divertimento??? porque ao invés de festa todo dia, não vão estudar / trabalhar?

Desgraça merecida

19/04/2017 10:06

Caçador faz por merecer cada centímetro da desgraça que acontece por aqui. Há muitas décadas a Sociedade Caçadorense dominante só pensa em podar o desenvolvimento local, em todos os sentidos, para preservar o seu cantinho sossegado de ganhar dinheiro. O resultado está aí, uma cidade horrenda, miserável, sem nenhuma perspectiva de crescimento e desenvolvimento significativo, com uma juventude quase marginal porque sempre foi jogada a marginalidade. Passamos de "Capital Industrial" a "Capital Cabocla" em poucas décadas, isso não aconteceu por acaso, isso aconteceu porque a sociedade achou que como estava, estava, bom. E esqueceu que o mundo a sua volta estava evoluindo. Meus pêsames a esse povo, Carreguem essa cruz pois ela foi construida por vocês mesmo.

para a "oobservadora"

19/04/2017 09:54

Juventude feliz que curte a vida é uma coisa, agora certos vizinhos que não respeitam o descanso e privacidade alheia já é outra. Aqui na minha rua tem desse tipo, liga o som alto no carro, e os demais vizinhos são "obrigados" a ouvir o que ele quer. Tenho filho pequeno, que sempre acorda chorando devido ao barulho das batidas das musicas. E sim, quando eu era mais jovem também gostava de ouvir musicas, mas minha mãe me ensinou que onde começa a liberdade do outro, termina a minha, e nunca perturbei meus vizinhos com som alto. Mais educação por favor!!

LEITOR

19/04/2017 09:38

MUITO ME ASSUSTA QUE A POLICIA TENHA ATENDIDO ESSAS OCORRENCIAS, POIS VARIAS VEZES LIGUEI, E ELES DIZEM QUE NAO PODEM FAZER NADA KKK PALHAÇADA

Morador

19/04/2017 09:08

Existem pessoas muito sem noção e sem educação, é só comprar um fone de ouvido que ja resolveria o problema. Mas o exemplo vem das ruas, esses carros de propaganda que passam com o volume la em cima, esses dias tava na rua e nao dava nem pra conversar

bichos

19/04/2017 09:01

é que os bichos não fazem badernas com sons altos. Na verdade a bicharada é bem civilizada, nem mais uivar uiva.... cumprem a lei e respeitam os tais seres chamados humanos.

regrado

19/04/2017 08:59

Som é bom...mas pra quem gosta, então se vc que curte som, poe o fone no ouvido e escute o quanto quiser... o vizinho, o transeunte não precisa ser OBRIGADO A OUVIR, o que vc curte. Vc curte, o vizinho não... simples assim... e pra depressão: simples: trabalho e estudo, menos droga, menos bebedeira e mais família e disciplina.

eu

19/04/2017 07:50

existe varios lugares onde eles podem ouvir estes som deles mais eles querem e imcomoda mesmo parabens a poliçia som alto tem que punir mesmo ninguem e obrigado gostar da musica do outro cada um ouve sua musica e nao encha o saco do outro

Jovem

19/04/2017 07:29

Não sei se vocês notaram mas estes jovens não são marginais nem vagabundos, se eles tem oq tem é pq conquistaram com um trabalho que não se define malandragem.

Concordo com o Bolsonaro

19/04/2017 07:21

Som alto é coisa de piá pançudo cujos pais não lhe impunham limites. Daí cresce e vira um caco que acha que pode fazer o que quiser.

moradora

18/04/2017 23:43

Parabéns aos policiais.vi e adorei o trabalho.isso tem k ter limites sim.não é pork o vizinho gosta de som auto k eu sou obrigada a tolerar.e não venhao de papo k isso é anti estress.estress da de vc ter k se trancar dentro de sua propria casa pra poder aguentar o barulho dos outros.

oobservadora

18/04/2017 22:44

Mas é tanta arruaça, assim? Porque tem gente que por qualquer barulhinho ja faz confusão, mesmo que em hora que pode ter som ligado em tom normal, mas que incomoda os que se incomodam. Malaco é uma coisa, mas juventude gosta de cantar, de escutar o som vo um tonzinho mais alto... Quando penso em reclamar, faço essa pergunta para mim: - Quando vc era jovem, fazia isto? Gostava disto, ou queria fazer isto? Se for afirmativo, tolero! Ser feliz é direito de tdos. E em Caçador não tem diversão e nao se pode fazer nada! Ainda bem que quando eu era jovem tinha boatinha no sete, tinha a Brilhos, carnaval no sege e nas Bochas. Que juventude feliz que eu tive. Prefeito Saulo.... Vc e do meu tempo e aproveitou todas estas festas tbm. Ve se planeja diversão para os jovens, na cidade, porque esta precisando. Senão vao ficar bebendo e usando drogas trancados nas casas dos amigos. Quem sabe barzinhos bacanas ali no Parque central, um Pub de Rock com atrações de bandas locais. Pensar e planejar são ações que podem dar certo.

pro bolsanaro de caçador

18/04/2017 22:25

então quer dizer que a culpa é dos pais, deveriamos culpar teus pais por vc ser retardado e fazer cada comentario idiota vc se acha o gaz da coca-cola

Povo loco

18/04/2017 21:34

Deixa eles com sua música... Música alta menos anti depressivo... deixe os jovem liberar suas energia... Qnd os homens da lei desliga um som aumenta o uso de medicamento para depressão... Na consulta médica tem muita jovem " deprimido " os culpado são os PM, com esta sociedade opressora... Este é um fator q leva este os intento suicida...

Andre

18/04/2017 20:47

Ate entendo que a policia tem prioridades, mas me diga o que fazer qdo tem perturbacao e vc nao consegue nem descancar em sua propria casa . Pra ser atendido tem ir ate o vizinho e gerar uma briga de faca ou umas pauladas pra dae gerar um atendimento de prioridade !!!!!!

Leitora

18/04/2017 20:39

Passem também na rua Humberto B usato e uma zona que tem ali não deixa o as pessoas dormir quem trabalha quer sossego

morador

18/04/2017 20:34

se existe lei aplique-se a lei.

Tocando o terror

18/04/2017 19:04

achem um lugar para os jovens de caçador irem curtir seu sonzinho golinho,bazeadinho ,risquinho é sem esquecer dos rolinho ,caçador é isso ai e vai ficar pior se não tem cultura vai ter educação! !!!!!

Caçadorense

18/04/2017 18:33

Se é um crime ambiental, porque a poliça ambiental não se encarrega dessas coisa? Podia atende os bichos, mais antes atende os seres humanos.

Bolsonaro do Cacador

18/04/2017 17:38

Culpado sao os pais que criam esses vagabundos. que futuramente se tornara um peso pra sociedade. por fim ............ encomoda agora e depois tambem. Isso quando nao temos que sustentar esses marginais que serao presos no presidio. Precisamos melhorar o Brasil

MORADOR DO BERGER

18/04/2017 17:17

SERIA BOM A POLÍCIA PASSAR DE VEZ EM QUANDO PERTO DO SINE/FUCATE POIS TEM UNS GURI ALI QUE INCOMODAM QUASE TODAS AS NOITES O SOM É DE TREMER AS JANELAS DAS CASAS , FAZEM UM BARULHO INFERNAL QUANDO VEEM O PESSOAL CHAMAR A POLÍCIA FICAM QUIETINHOS VOU FILMAR UM DIA DESTES E FAZER A DENÚNCIA COM IMAGENS QUEM SABE DAÍ RESOLVA .

Deixe seu comentário