Decisão

Itinerário no transporte coletivo será alterado nos próximos dias

A linha do Mutirão também passará pela APAE, APAS, CAPS Ad e CAPS II

Com o objetivo de facilitar o acesso às pessoas que buscam pelos serviços da APAE, APAS, e do CAPS Ad e CAPS II, ficou defino na tarde desta quarta-feira (19), em reunião na Câmara Municipal, a alteração do itinerário do transporte coletivo que faz a Linha do Mutirão. A partir dos próximos dias, a rota do veículo passará também por esses locais.

A reunião foi motivada pela vereadora Cleony Figur, que há alguns anos tem defendido esta bandeira e apresentou indicações na Câmara pedindo a mudança. Segundo ela, ficou definido um teste de linha para a próxima segunda-feira (24), e após os trâmites burocráticos envolvendo a prefeitura e a empresa responsável pelo transporte será divulgado a data definitiva da mudança.

Para beneficiar os passageiros de outras linhas, haverá um transbordo (espaço para troca de ônibus), na Praça Nossa Senhora Aparecida. Na prática, as pessoas que utilizam os serviços das referidas Associações e dos CAPS, poderão desembarcar do seu ônibus neste local e adentrarem no coletivo que faz a Linha do Mutirão sem precisar pagar nova passagem.

O ônibus seguirá sua linha normal, sentido Hospital Maicé, e passará em frente aos CAPS, onde haverá um novo ponto de embarque e desembarque. Logo após, seguirá pelas Ruas Herculano Coelho de Souza e Berta Groth até chegar à Rua João Augustinho da Luz Neto, próximo à APAS, onde haverá um novo ponto. Por fim, seguirá até a APAE, onde também terá parada em frente a Associação.

“É importante frisar que a alteração desta linha não prejudicará os demais usuários, haja vista que não haverá grandes prejuízos de tempo e nem alto impacto financeiro para a empresa ou Município”, informa Cleony.

Para ela, é motivo de satisfação saber que esta iniciativa trará maior comodidade às pessoas, em especial àquelas que precisam de atendimento. “Esta é uma conquista coletiva, pois percebemos o interesse de todos na reunião em encontrar uma alternativa. O próximo passo será incluir os Conselhos Municipais da Pessoa com Deficiência e da Saúde, que também são defensores do pedido”, completou.

Vale ressaltar que além da vereadora Cleony, participaram da reunião a presidente do IPPUC, Karina Pompermayer; a Engenheira Civil do referido Instituto, Taise Teodózio; o diretor da empresa Auto Coletivo,  Eron Cruz; a representante da Secretaria Municipal da Saúde, Sandra Spautz Granemann; e as diretoras da APAE, Neide Yoshida, e da APAS, Márcia Fenili.



Comentários (3)

João

20/04/2017 11:33

Podia passar em frente ao Senai também

Estudante

20/04/2017 06:01

Só faltou mudar o horário dos ônibus a noite... As aulas terminam as 22h e temos que ficar até 22h40min esperando o ônibus ...

TERMINAL

19/04/2017 19:00

Caçador já comporta um terminal de transporte coletivo, isso iria organizar melhor as linhas e os itinerários e também a troca de ônibus seria mais confortável no inverno, verão e dias de chuva, porque trocar de ônibus na praça descoberta em dia de chuva e frio ninguém merece. Fica a dica: terminal de transporte é prever o futuro.

Deixe seu comentário