Artistas locais

Tirolesa Instrumental faz show gratuito em Caçador

O show “Por onde andamos” inicia às 19h30 e faz parte de um projeto do Sesc

A banda Tirolesa Instrumental fará um show gratuito na noite do próximo domingo, 21, no salão vermelho da Fundação Municipal de Cultura, em Caçador. O show “Por onde andamos” inicia às 19h30 e faz parte do projeto do Sesc para valorizar e profissionalizar artistas locais e regionais, despertando o interesse da população caçadorense para as atrações culturais da cidade.

Quem está por trás dos acordes da banda são os músicos Rafael Moraes (baixo), de Caçador, Diogo Nestor (guitarra), Henrique Bernardon (bateria) e Rodrigo Parmeggiani (piano/Teclado), ambos de Erechim.

Tirolesa Instrumental é um quarteto que tem por objetivo produzir música brasileira com influência de vários estilos como blues, rock e jazz. Como o nome sugere, a ideia é “se jogar”, se lançar ao universo da música instrumental com temas autorais que mesclam a rica diversidade sonora do Brasil.

O show “Por Onde Andamos” mostra a sonoridade que vem da sinergia das experiências musicais do quarteto. As influências de cada músico são as mais diversas, vindas da música clássica, do metal, do rock e da música popular. Essa mistura de vivências musicais é apresentada em composições autorais que transitam pelos mais diversos estilos musicais, sempre com uma forte identidade brasileira.

O técnico de Cultura do Sesc, Gustavo Zardo, comenta que a ideia é apresentar artistas que compõem e interpretam arranjos próprios que dialogam com a identidade da cultura regional.

“Através de várias pesquisas e entrevistas, chegamos a um quantitativo muito expressivo de agentes culturais que produzem suas próprias obras. O que chamou a atenção foi a alta qualidade da produção musical que temos no quintal da nossa casa. A grande ideia desse projeto é que nada além da arte seja necessário para aproximar o artista das pessoas. Mais uma grande oportunidade para Caçador e seus cidadãos”, salienta.

A grande ideia desse projeto é que nada além da arte seja necessário para aproximar o artista das pessoas. Mais uma grande oportunidade para Caçador e seus cidadãos.



Comentários (0)


Deixe seu comentário