Em Caçador

Centro Marista na luta contra violência sexual

Mobilizações em torno do 18 de Maio busca convocar a sociedade para esta luta

O Centro Social Marista Caçador participa das mobilizações que marcam o dia 18 de Maio - Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes no bairro Martello. A data foi criada para dar visibilidade ao enfrentamento da violência sexual de crianças e adolescentes. Uma parcial dos dados do primeiro semestre de 2016 divulgado pelo Disque 100, mostrou que de janeiro a junho, das 79.587 denúncias registradas, 8.891 (11,17%) foram de violência sexual contra crianças e adolescentes.

Nesta quinta-feira (18), acontece no Centro Social Marista Caçador um bate-papo sobre violência sexual de crianças e adolescentes e encerra as atividades sobre o tema com uma apresentação cultural realizada pelos educandos dos projetos “Tegê Coragê” e “Retrato Falado”.

O diretor do Centro Social Marista Caçador, Dione Gomes, conta que durante toda a semana foram realizadas rodas de conversa com os educandos sobre o assunto, além da exibição dos vídeos da Campanha defenda-se, que ilustram situações cotidianas em que a criança pode se defender, seja relatando a violência para alguém de confiança, ou fazendo a denúncia diretamente para o Disque 100.

“O enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes demanda ações permanentes durante o ano todo, mas é no mês de maio que o tema ganha força e repercussão nacional. Por isso realizamos a caminhada com cartazes, frases, faixas e palestras com o intuito de convocar a sociedade para a defesa dos direitos das nossas crianças e adolescentes”, declara.

A série de vídeos da Campanha defenda-se em suas diferentes linguagens está disponível no site do projeto, juntamente com documentos de referência sobre o enfrentamento à violência sexual, e materiais para mobilização do tema nas mídias sociais: www.defenda-se.com

 

Sobre a Rede Marista de Solidariedade

A Rede Marista de Solidariedade abrange programas, projetos e ações de promoção e defesa dos direitos das crianças e dos jovens desenvolvidos em todas as áreas de atuação do Grupo Marista. A Instituição Marista tem status consultivo na Comissão de Direitos Humanos da ONU, por meio da Fundação Marista de Solidariedade Internacional. A rede desenvolve iniciativas para a efetivação dos direitos da criança, como o Centro Marista de Defesa da Infância. Representantes da Rede Marista de Solidariedade participam de conselhos, fóruns e redes nas áreas de educação, direitos da criança e do jovem, assistência social e saúde nos níveis municipais, estaduais e nacional. A rede também atende diretamente cerca de 16 mil crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, de maneira contínua, em 25 unidades sociais e nos programas de bolsas de estudo para a Educação Básica, Profissional e Ensino Superior. Outras informações, acesse: www.solmarista.org.br  



Comentários (0)


Deixe seu comentário