Defesa Civil

Mapeamento de áreas de risco começa pela regional de Caçador

Geólogos iniciaram por Macieira o levantamento que vai abranger os 295 municípios

Santa Catarina será o primeiro estado do Brasil a mapear nos 295 municípios todas as áreas de risco geológico e hidrológico. O trabalho teve início no dia 8 e segue até dia 20 de janeiro na regional de Caçador, através da empresa pública Serviço Geológico do Brasil (CPRM). O primeiro município a ser visitado pelos técnicos foi Macieira.

A iniciativa é fruto de um convênio de R$ 20,7 milhões firmado em novembro de 2017 entre o Governo do Estado e o Ministério de Minas e Energia.

Segundo o coordenador regional de Defesa Civil, Anderson Veríssimo, o investimento tem foco no planejamento urbano, prevenção e proteção à população. “A regional de Caçador é a primeira a receber esse importante trabalho de prevenção que vai mapear 100% do território em questões de áreas de risco de deslizamentos de massas e inundações”.  

Para o secretário estadual da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, os atos firmados são a concretização de todo trabalho que vem sendo feito e traz resultados positivos. “O mapeamento é uma ferramenta indispensável para ocupação urbana, emissão de alerta e segurança à população. Juntamente com todas as ações que estão sendo feitas, isso dá uma nova visão no gerenciamento de riscos”, afirmou. 



Comentários (1)

Luiz Carlos

11/01/2018 18:31

A defesa civil poderia dar uma olhada em um muro ao lado da ML SOM que esta se deslocando em visível processo de colapso ...obrigado

Deixe seu comentário