Investigação

Polícia Civil identifica suspeitos do atentado contra prefeito de Timbó Grande

Segundo o delegado Guzzi, foram obtidos imagens e depoimentos sobre o crime

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Caçador, continua investigando o atentado ocorrido na noite de 30 de dezembro de 2017, contra o prefeito Ari Galeski e sua família, em Timbó Grande.


Prefeito Ari Galeski e sua família sofreram tentativa de homicídio

As investigações avançam, e, segundo o delegado Fernando Guzzi, foram obtidas imagens e colhidos depoimentos que demonstram que os tiros que atingiram a residência foram efetuados por dois indivíduos em uma motocicleta.

Os nomes dos suspeitos e outras provas são mantidos em sigilo para não prejudicar a investigação.


Delegado Guzzi fala sobre o caso

“A Divisão de Investigação Criminal de Caçador prossegue nas investigações e na próxima semana divulgará novos detalhes do caso”, esclarece.

 

Leia mais:

Prefeito de Timbó Grande sofre atentado a tiros

Prefeito de Timbó Grande sofre novo atentado

Prefeito Ari Galeski passa o cargo para o vice



 



Comentários (0)


Deixe seu comentário