Caçador

Prefeitura inicia levantamento de dados e recadastramento de imóveis

Os profissionais passarão em cada residência, iniciando pelo bairro Municípios

A Prefeitura de Caçador inicia nesta quarta-feira, 21, o projeto GEO Caçador, que consiste no recadastramento dos imóveis da cidade. Para isso, os profissionais passarão em cada uma das residências, iniciando pelo bairro Municípios. Todos estarão identificados com jalecos amarelos, crachás, devidamente credenciados.  

Os dados coletados possibilitarão para a Prefeitura conhecer a real situação do município, modernizar a gestão, otimizar o planejamento e promover a tributação justa e correta de impostos e taxas. Desta forma, será possível melhorar os investimentos públicos em pavimentação, rede de esgoto, rede de energia elétrica, transporte coletivo, saúde, educação, segurança e muito mais. 

Entre as principais informações que serão coletadas estão os dados do proprietário, características do terreno e das construções, medição da área construída, caracterização das atividades que, porventura, estejam sendo exercidas no imóvel, fotografias da fachada das edificações, fotografias das ruas, dentre outros. 

Para tanto, é fundamental que o proprietário forneça as informações e apresente, quando solicitado, documentos relacionados à propriedade como: escrituras, contratos de compra e venda, plantas ou carnês de IPTU, além de identidade e CPF. Os documentos serão apenas apresentados, sem a necessidade de serem entregues ao cadastrador.  

“Contamos com a colaboração de todos os cidadãos, proprietários ou responsáveis pelos imóveis em que residem ou trabalham, para que facilitem o acesso dos profissionais identificados. Este é mais um passo importante para o desenvolvimento de nossa cidade”, destaca a presidente do IPPUC, Karina Pompermayer.

Para a execução do projeto, foi contratada a empresa GEOMAIS, que elaborou o planejamento técnico em conjunto com a Prefeitura.  

“Vamos executar um levantamento de campo para vistoria e cadastro de imóveis, atividades econômicas, logradouros, serviços como coleta de lixo, limpeza pública, iluminação pública e outras informações ligadas ao plano diretor de desenvolvimento municipal que servirá como instrumento de apoio às ações da Prefeitura”, destaca o coordenador de Área Técnica da Geomais, Eduardo Nunes.  

A partir das fotografias aéreas e do levantamento cadastral, será gerado o mapeamento digital de todo o município, contendo as curvas de nível que representam o relevo do município, rios, logradouros, praças, parques, edificações, limites de terrenos, e demais componentes físicos da cidade. Paralelamente ao mapeamento está sendo organizado o conjunto de informações cadastrais existentes na Prefeitura que servirá de base ao trabalho de recadastramento. 

As informações, obtidas com o resultado do cadastro, serão disponibilizadas à administração municipal e gerenciadas por um Sistema de Informações Geográficas (SIG), parte integrante do projeto, onde, através da internet, o cidadão de maneira ágil e prática, terá acesso a mapas, fotografias aéreas, topografia, emissão de documentos como a Consulta de Viabilidade eletrônica, e muitas outras informações de interesse público. 

Para mais informações ou esclarecimentos ligue para 3666-2474 ou 3666-2443.



Comentários (5)

CIDADÃO

21/02/2018 13:03

Talvez aumento o imposto IPTU para quem tem edificações irregulares ou que tiraram alvará de construção para uma edificação de 70,00 m² e depois ampliaram clandestinamente. Isso só é justiça, ou seja, pagar pelo que realmente se tem construído. Quem não deve não teme.

xiiiiiii

21/02/2018 12:45

ta sobrando grana pra gastar em medidas pessoal papel informatica a ta o cabide ta cheio se deixar parrado mofa os paletos coletes temo morto povo amemmmmmmm

Aparecida

21/02/2018 09:21

Um detalhe a se atentarem.. 60% dos cidadaos trabalham... pai, mae, irmão mais velhos. Como será feito o cadastramento sendo que as pessoas estarão ausentes no horário comercial??? Seus pesquisadores", agendarão visitas? Vão trabalhar de sábado e domingo? O ideal é agendar...Hoje em dia ninguém fica em casa, a maior parte precisa trabalhar pra ganhar o pão e pagar o IPTU|||

?????

20/02/2018 23:00

Não seria desperdício de dinheiro ? Não seria mais prático utilizar os cadastros dos Agentes de Saúde?

Vixi

20/02/2018 21:01

Aumento de imposto...

Deixe seu comentário