Videira

Polícia Civil liberta mulher mantida em cárcere privado há três anos

A vítima era mantida em um quarto pelo marido, que foi preso em flagrante

A Polícia Civil resgatou na tarde dessa segunda-feira, 3, uma mulher que estava sendo mantida em cárcere privado há três anos no interior de Videira. O marido foi preso em flagrante.

A casa onde a vítima era mantida em cárcere fica localizada na comunidade Sede Etelvina, há 6 km do centro de Videira. A Polícia Civil recebeu informações, foi ao local e constatou o crime. Em seguida, providenciou a libertação da vítima.

O delegado Felipe Blos Orsi, responsável pelo caso, explica que a vítima era mantida em um quarto, com porta fechada e cadeados nas janelas. Chamou a atenção o estado em que ela era mantida.

“A situação nos causou espanto, em razão da falta de higiene naquele quarto. Inclusive, a vítima tinha que usar uma bacia para fazer as suas necessidades fisiológicas”, disse em entrevista.

Ainda de acordo com o delegado, para a mulher essa situação era normal. A vítima passa por depressão e acredita que o marido estava lhe ajudando.

“O mais curioso é que ela estava sendo mantida nessa situação há três anos. Ela podia sair do quarto algumas vezes, quando o marido permitia, mas na maioria das vezes ela ficava trancada”, salienta.

O homem foi preso em flagrante. Segundo a polícia, ele responderá pelo crime de cárcere privado qualificado.



Comentários (0)


Deixe seu comentário