Edição 2018

Laurindo fica entre os 20 melhores na São Silvestre

Caçadorense se manteve entre os melhores da tradicional corrida de rua

Laurindo Nunes Neto, 25 anos, se destacou mais uma vez na corrida de São Silvestre. Ao disputar a prova pelo terceiro ano consecutivo, o atleta caçadorense ficou na 20ª colocação geral com o tempo de 49min34seg.

A 94ª edição da mais tradicional prova de rua do Brasil foi realizada na segunda-feira, 31, o último dia do ano de 2018, em São Paulo. O campeão foi  Belay Tilahun Bezabh, da Etiópia, que percorreu os 15 quilômetros em 45min03seg.

Depois de cruzar a linha de chegada e receber a premiação no pódio, o etíope ficou seis horas internado no hospital se recuperando do desgaste físico da prova.

Laurindo aprova desempenho

Laurindo foi o 20º no geral e o 10º melhor brasileiro na São Silvestre 2018. Apesar de nos últimos anos ter focado os treinamentos em maratonas (42 km), o caçadorense afirma que disputar a São Silvestre é sempre especial.

“É uma prova muito famosa, com atletas de ponta a nível mundial, principalmente os africanos, e que proporciona boa visibilidade. Além disso é muito prazeroso correr a São Silvestre”, disse Laurindo.

Com 49min34seg, Laurindo foi um minuto mais lento do que a edição anterior, quando correu na casa dos 48min e ficou em 19º lugar.

“Uma das metas era melhorar o tempo, mas o principal era fazer uma prova de alta intensidade e acompanhar os africanos que são especialistas nessa distância. Foi um teste em relação a meus objetivos em 2019 e acredito que me sai bem”, avalia.

Laurindo conseguiu acompanhar o ritmo forte do pelotão da frente até o quilômetro sete. “Foi um ritmo muito intenso. Acompanhei forte até onde deu. Estou satisfeito mesmo não tendo melhorado o tempo. Fiquei entre os 20 melhores e isso é gratificante”, finaliza.

Com sonho de representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, Laurindo deverá passar por um período de treinamento na Colômbia (na altitude) em janeiro, com o foco de disputar uma maratona na Europa no primeiro semestre de 2019.
94ª Corrida de São Silvestre (2018)

CLASSIFICAÇÃO FINAL - ELITE

MASCULINO

1º – Belay Tilahun Bezabh – Etiópia (45min03s)
2º – Dawitt Admasu – Bahrein (45min06s)
3º – Amdework Tadese – Etiópia (45min13s)
4º – Emmanuel Gisamoda – Tanzânia (45min23s)
5º – Maxwell Rotich – Uganda (45min45s)
6º – Paul Kipkorir Kipkemoi – Quênia (46min04s)
7º – Kiplimo Mutai – Quênia (46min26s)
8º – Giovani dos Santos – Brasil (46min38s)
9º – Wendell Jeronimo de Souza – Brasil (46min43s)
10º – Nicholas Kimeu Keter – Quênia (46min55s)
11º – Abe Gashahun Tilahun – Etiópia (47min05s)
12º – Ederson Vilela Pereira – Brasil (47min06s)
13º – Johnatas de Oliveira Cruz – Brasil (47min19s)
14º – Gilberto Silvestre Lopes – Brasil (48min01s)
15º – Pascal Mombo Sarwat – Tanzânia (48min13s)
16º – Glenison Gilbert de Carvalho – Brasil (48min34s)
17º – Robison Pereira de Lima – Brasil (49min07s)
18º – Luis Felipe Leite Barboza – Brasil (49min09s)
19º – Carlos Henrique de Souza – Brasil (49min19s)
20º – Laurindo Nunes Neto – Brasil (49min34s)


FEMININO

1ª – Sandrafelis Tuei – Quênia (50min02s)
2ª – Pauline Kamulu – Quênia (50min19s)
3ª – Mestawut Truneh –Etiópia (52min45s)
4ª – Esther Kakuri – Quênia (52min47s)
5ª – Birthukan Alemu – Etiópia (53min06)
6ª – Sintayehu Hailemichael – Etiópia (53min16)
7ª – Janet Masai – Quênia (53min28s)
8ª – Jenifer do Nascimento – Brasil (54min05s)
9ª – Natalia Sule – Tanzânia (54min21s)
10ª – Meseret Gezaheng – Etiópia (54min27s)



Comentários (3)

Robert

03/01/2019 18:59

Acho que deveria se preparar mais pois ficamos somente atrás dos etíopes que são muito rápido s

CIDADÃO

03/01/2019 15:23

PARABÉNS LAURINDO SUA PARTICIPAÇÃO FOI MARCANTE CAÇADOR FOI MUITO BEM REPRESENTADO.

Municipe

03/01/2019 08:56

Vigésimo lugar nooossa que orgulho kkkkk

Deixe seu comentário