Represas

Barragem de Tangará está na lista para receber fiscalização prioritária

Santa Catarina tem 44 classificadas como risco alto ou com dano potencial alto

Santa Catarina tem 44 barragens incluídas numa relação anunciada pelo governo federal para receber fiscalização prioritária após a tragédia em Brumadinho (MG). A lista abrange todas as represas consideradas vulneráveis no país, enquadradas na categoria de risco alto ou com dano potencial alto.


Imagem ilustrativa

Entre as unidades catarinenses estão 37 hidrelétricas e sete barragens de contenção de rejeitos de mineração. Todas são classificadas como de alto dano potencial pela Agência Nacional de Águas (ANA), mas apenas uma está na lista de alto risco: trata-se da barragem de mineração Novo Horizonte, controlada pela Carbonífera Catarinense em Lauro Müller.

Em um comunicado oficial, a empresa informou que a barragem encontra-se em processo de desativação, com apenas 4,5% da área original em operação. Outra barragem mantida pela empresa na cidade, conforme o comunicado, já foi aterrada e não está mais em operação. Ambas as estruturas foram vistoriadas em novembro, diz o texto.

Por determinação do Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastre do Governo Federal, 3.386 barramentos serão vistoriados por seus respectivos órgãos fiscalizadores no país. É a primeira vez em que há uma decisão de governo determinando a inspeção dos empreendimentos que apresentam impacto com riscos de rompimento e à população.

Em Tangará uma barragem está na lista para ser fiscalizada, é utilizada para energia hidrelétrica, sendo classificada na categoria de risco baixo. Outro município da região que também possui uma barragem a ser analisada é Campos Novos.

Confira abaixo a lista de barragens a serem fiscalizadas no Estado. No site da ANA está a lista completa de todo o país.

Fiscalização em Santa Catarina: 44 barragens

- 37 hidrelétricas e 7 contenção de rejeitos de mineração.

Categoria de risco

- BAIXO 4
- MÉDIO 3
- ALTO 1

BARRAGENS POR MUNICÍPIOS -  algumas estruturas abrangem mais de um município

Ipuaçu/São Domingos 4
Blumenau 4
Aratiba (RS)/ Itá (SC) 4
Rio dos Cedros 4
Piratuba (SC)/Maximiliano de Almeida (RS) 3
Treviso 3 
Lauro Muller 3
Arvoredo/Xanxerê 2
Guatambú 2
Tangará 1
Campos Novos/Abdon Batista/Anita Garibaldi/Celso Ramos 1
Angelina/Major Gercino 1 
Passos Maia 1
Xanxerê/Xavantina 1
Abdon Batista 1
Curitibanos 1
Ponte Serrada 1 
Abelardo Luz/Ipuaçu/São Domingos 1 
Faxinal dos Guedes/Ouro Verde 1
Faxinal dos Guedes/Xanxerê/Xavantina 1 
Schroeder 1
Lages 1
Angelina 1
Siderópolis 1



Comentários (1)

PENA

01/02/2019 16:54

" No Brasil não tem pena de morte ??" Como se explica a execução das vitimas da barragem ?? Qual seu crime ? Houve julgamento ? Somente execução.... Seus executores deveriam ter o mesmo destino, por coerência.

Deixe seu comentário