Operação

Polícia prende 13 pessoas ligadas a organização criminosa em Caçador

Foram apreendidas armas, drogas, coletes e apetrechos para o tráfico de drogas

Treze pessoas suspeitas de integrarem uma organização criminosa em Caçador foram presas na tarde desta quinta-feira, 14, durante a Operação Santo Ofício, deflagrada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil. Na ação, foram apreendidas armas de fogo, drogas, coletes balísticos, balanças de precisão e apetrechos diversos para tráfico de drogas. A Polícia Militar e o Instituto Geral de Perícias (IGP) prestaram apoio.

Segundo a polícia, oito investigados foram presos através de mandados de prisão, sendo cinco dentro do Presídio e três fora. Além destes, outras cinco pessoas foram presas em flagrante pelo crime de tráfico de drogas (uma delas em Balneário Camboriú).

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em cinco locais. Os mandados foram cumpridos nos bairros Martello, Centro e Vila Santa Catarina.

Ao todo, foram apreendidos 3 kg de maconha, 800 g de cocaína, 364 g de crack, 28 comprimidos de ecstasy, uma pistola calibre 9 mm, uma pistola calibre .380, dois coletes balísticos, uma toca balaclava e mais de 200 microtubos eppendorf para venda de cocaína.

A operação é um desdobramento da operação deflagrada em dezembro de 2018 em que cinco integrantes de facção criminosa foram presos pela execução de Marcelo Balbino.

A Polícia Civil ainda investiga a relação da facção criminosa com o homicídio ocorrido no último domingo em Lebon Régis. Houve o encaminhamento das pistolas ao IGP para se apurar se foram as mesmas utilizadas no crime.

Segundo o delegado Fernando Guzzi, coordenador da DIC, o fato de integrar organização criminosa configura crime apenado com até 8 anos de reclusão.

"Além desse crime, cada integrante ainda responde pelos demais crimes cometidos, direta ou indiretamente, como o tráfico de drogas (pena de até 15 anos), homicídio (pena de até 30 anos), porte e posse de arma de fogo (até 4 anos), inclusive respondendo os integrantes já presos", explica.

Somadas, as penas dos integrantes da organização podem chegar a 57 anos de reclusão. Todos responderão ao processo presos.

Leia mais --> Polícia Civil deflagra operação contra suspeitos de homicídio



Comentários (20)

Jose

15/02/2019 15:46

PJL

Cid Motta

15/02/2019 15:36

Tinha que fazer comer tudo essa mercadoria nojentos.

Ex preso

15/02/2019 13:21

Só que o Grosso da coisa tá dentro do presidio

Denúncia

15/02/2019 13:21

Aqui no Sta Catarina tem umas anunciantes quando a polícia vem eles se comunicam com assuvios e se escondem .. ts precisando pegar mais tem bastante aqui no bairro e outra se for pra Polícia pegar prender 2 meses como aconteceu aqui no bairro e soltar melhor nem prender dai coloca tornozeleira que não funciona ainda

Forasteiro

15/02/2019 13:20

Parabéns aos policiais responsáveis pela investigação!

Jennifer

15/02/2019 12:55

Parabéns obgdo policiais pq não qero q meus filhos cruzem cm esses lixos q vendem e usam drogas..

Zeca diabo

15/02/2019 12:27

A rua Alois Honório Wagner tá cheio de uns de menor vendendo nas esquinas. E uma já é conhecida da Polícia

melao

15/02/2019 10:30

parabems policia quebro mais uma empresa kkk

moises

15/02/2019 10:10

agora falta investigar o bairro belo ta cheio de traficantes vendendo essas porcarias dia e noite ate crianças ajudam vender .

Tonho da lua

15/02/2019 09:51

Tem nego com o fiofó que não passa uma agulha...haha

Cacadorense

15/02/2019 09:39

Tá na hora da polícia ficar de olho no bairro Alto bonito tem o lambari careca pra pegarem bom entendedor entenderá o significado de "lambari" e "careca".

Leitor 1

15/02/2019 09:06

PARABÉNS A POLICIA CIVIL , vamos limpar nossa cidade. Haja Cadeia pra tanta gente.

Eu

15/02/2019 08:57

É A lista do nome dos melhante nada de divulgar? É muita proteção

Parabens

15/02/2019 07:25

Parabens..

Maria Aparecida

15/02/2019 06:40

Mas tem que ficarem presos ,de nada adianta ir presos e logo depois se serem soltos por bom comportamento ,bandidos desse tipo tem que sumir do meio de famílias ,que sofrem pela dusgraca provocada por eles ,reunir em um Pavilhão e tacar fogo ,so assim temina com esses demônios

Dinho

15/02/2019 05:45

Parabens a nossa policia e ainda tem pessoas que falam mau deles sendo que sao a nossa salvasao nesse mundo de crime

Gloriaaa

15/02/2019 03:09

Falta investigarem o bairro monge joao maria e usina aqui ta repleto de tudo um pouco....

karaka meu

15/02/2019 01:01

Porra esses caras da DIC são fodão, estão sempre na frente, ganhando todas..... parabéns

15/02/2019 00:20

so precisava dar os nomes de vagabundos.para a populacao saber que são.mas a justiçapreserva eles

Eu....

14/02/2019 23:33

Prenderam os mané. Por terem queijo parmesão e tempero pra macarrão....hahaha ( desculpe a brincadeira) parabéns pela limpa....que continuem assim

Deixe seu comentário