Futebol

Kindermann/Avai é campeão da Copa Encantado

O torneio de futebol feminino acontece anualmente no Rio Grande do Sul

Após três dias de disputas, o Kindermann/Avai conquistou a 4ª edição da Copa Encantado de Futebol Feminino e trouxe para Caçador - SC o troféu de ouro. Além disso, o time ainda faturou o título de melhor defesa do campeonato, com a atuação da goleira Bárbara, que também é goleira da Seleção Brasileira. Já, a atleta Érica Gomes, levou o troféu de artilheira do torneio.

A final do Campeonato aconteceu na tarde desta segunda-feira (4/03), contra o Internacional. O jogo foi finalizado no tempo normal em 2 a 2. Já nos pênaltis, o Kindermann/Avai levou a melhor, fechando em 4 a 2.

“Foi um campeonato onde pudemos avaliar nossa forma de jogo. Foi bem desgastante por ser três dias seguidos, mas demos o nosso melhor e a conquista veio. Vamos levar a taça de ouro para Caçador e a partir de agora, vamos focar no Campeonato Brasileiro”, destaca o treinador do Kindermann/Avai, Jorge Barcellos.

O presidente do Kindermann/Avai, Salézio Kindermann, destaca que essa conquista traz um incentivo a mais para o time. “Apesar de não ser um campeonato de grande expressão, sabemos da importância de participar dele e incentivar que mais campeonatos neste sentido aconteça. Agora vamos com um incentivo a mais para o Campeonato Brasileiro”, afirma.

A artilheira, Érica Gomes, chegou esse ano ao Kindermann/Avai, e destaca a felicidade em conquistar o primeiro título com a equipe. “Fico muito feliz em poder contribuir com a equipe. Fiz o melhor que pude e espero poder fazer ainda mais no Campeonato Brasileiro”, destaca Érica.

O jogo

Após vencer de goleadas a maioria dos jogos, o Kindermann/Avai tinha como maior adversário o Internacional. Em jogo bem equilibrado, o time teve várias possibilidades de gol, marcando o primeiro apenas aos 32 minutos do primeiro tempo, gol marcado por Micaelly Brasil. Já no segundo tempo na cobrança de pênalti, Bruna Calderan marcou o segundo do Kindermann deixando tudo igual no jogo.

Com o placar em 2 a 2 no tempo normal de disputa, o campeão foi definido nos pênaltis. Bruna Calderan, Dioneide, Julia Cipriani e Micaelly marcaram de bola parada. Já o Internacional, colocou apenas duas bolas de pênalti no gol.



Comentários (0)


Deixe seu comentário