Caçador

Réu acusado de tentativa de homicídio vai a júri popular

Ele é acusado de efetuar um disparo que atingiu a vítima na região do pescoço

Será julgado nesta sexta-feira, 31, no Tribunal do Júri de Caçador, um processo de tentativa de homicídio. O réu, Paulo César Elizio Júnior, de 20 anos, é acusado de disparar um tiro contra a vítima Maicon Luiz Pereira, no ano passado.


Réu Paulo César Elizio Júnior

O acusado continua preso desde a época dos fatos. O crime ocorreu na rua Dinarte José Rodrigues, no bairro Martello, no dia 16 de junho de 2018. A vítima foi alvejada na região do pescoço, foi socorrida e sobreviveu.

Após o delito, a Polícia Civil instaurou procedimento investigatório e chegou a Paulo César como autor do crime. A polícia apurou ainda que o suspeito fugiu para o Paraná. Três dias depois do fato, ele retornou para Caçador visitar a sua mulher e foi surpreendido por policiais civis com um mandado de prisão.

Paulo César foi denunciado pelo Ministério Público por tentativa de homicídio, qualificada pelo motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima, e por porte ilegal de arma de fogo.

O júri popular inicia às 9h e será presidido pelo juiz Gilberto Kilian dos Anjos. A acusação será feita pela promotora de justiça Daniele Diamante, e a defesa pela defensora pública Elaine Caroline Masnik.

 

 

 



Comentários (0)


Deixe seu comentário