Polêmica

Prefeitura esclarece que não faz sacrifício de animais em Caçador

Uma lei antiga, de 1980, voltou à tona nas redes sociais e causou revolta

Uma lei antiga, de 1980, voltou à tona em alguns grupos de WhatsApp, e causou revolta, principalmente em protetores de animais. No texto da redação da Lei 33 de 26 de novembro de 1980 - Código de postura do município, no Art. 110, parágrafo 1º, há a informação de que animais encontrados nas ruas serão sacrificados em 5 dias, caso os seus proprietários não sejam encontrados.

Entretanto, esta prática não é realizada pela Prefeitura de Caçador. Pelo contrário, em 2017, a Lei Complementar 321, instituiu a Diretoria de Bem-Estar e Proteção dos Animais, que tem, entre outras atribuições, as de divulgar e fiscalizar a legislação de proteção dos animais e atender denúncias de maus tratos e acionar a autoridade policial, se necessário.

Além disso, contrariando ainda mais a Lei de 1980, a Prefeitura não dispõe de nenhum depósito de animais. “O que temos é o Centro de Bem-Estar Animal, para atendimento de animais de ruas e castrações, e não um depósito. Aqui, tratamos dos animais e não há sacrifício algum”, completou a coordenadora do Centro, Caroline Rodrigues.

Animais que são tratados no Centro de Bem-Estar são encaminhados para doação e chipados. “Com isso, sabemos se acaso a pessoa que levou para a sua casa abandonou aquele animal. Mas, na maioria dos casos, não temos nenhum problema quanto a isso”, completou Carol.

Ela finaliza destacando ainda que as pessoas que têm animais precisam também ser responsáveis. “Os animais são indefesos e não conseguem se sustentar sozinhos. Então, se você tem um animalzinho em casa, nunca o abandone. Dê carinho e o trate bem”, finalizou.

A Lei, de 1980, pode ser encontrada no link:

https://leismunicipais.com.br/a/sc/c/cacador/lei-ordinaria/1980/3/33/lei-ordinaria-n-33-1980-aprova-o-codigo-de-postura-do-municipio-de-cacador



Comentários (6)

outro morador dos municípios

06/06/2019 11:52

No bairro dos municípios ta feio mesmo, tem cachorro que avança ate nos pedestres, nas motos nem se fala. depois quando atropela um a culpa e do motorista ainda..... fora o prejuízo.

Leitor

06/06/2019 08:22

As pessoas não tem o q fazer,ficam achando pelo em ovo, desenterrando defunto!!só pra criar polêmica e assunto em jornal

Leitor

05/06/2019 22:52

Criticas feitas pelos Doutores da internet! que sabem de tudo.

Eduardo

05/06/2019 21:56

Redes Sociais: Éssa é a desgraça do século. Deu voz para espalharem bobagens e mentiras. Típico Brasileiro.

Morador Municípios...

05/06/2019 21:46

TERIA QUE DAR UMA AVERIGUADA NO BAIRRO DOS MUNICÍPIOS, ÁGUA NÃO TEM ,MAS CACHORROS SOLTOS ALI POR VOLTA DA ESCOLA PIERINA ESTÁ CHEIO E ELES FICAM NO MEIO DA RUA E PULAM NAS MOTOS QUE PASSAM, BEM PERIGOSO UM ACIDENTE...

Oliveira

05/06/2019 19:09

Mas gente do céu, aqui na rua Atílio Cecatto bairro Santa Catarina é uma rua pequena e poucas casas, mas tem muito cachorro! Ta certo que o pessoal cuida mas pensem o alarme desses cachorros!

Deixe seu comentário