Crime

Polícia encontra carro usado em assalto a banco em Lebon Régis

O veículo Renault Logan estava dentro de um galpão em uma fazenda de pinus

Foi localizado nesta quinta-feira, 6, o veículo Renault Logan utilizado pelos criminosos que roubaram o banco Bradesco, em Lebon Régis, na semana passada. O automóvel estava dentro de um galpão abandonado às margens da rodovia SC-120, entre Lebon Régis e Curitibanos.

O carro estava sem placas e foi encontrado por uma pessoa, que acionou a Polícia Militar. O galpão fica localizado em uma fazenda de pinus, onde não há residências próximas.

A Polícia Civil de Lebon Régis foi acionada e segue investigando o crime. “O veículo já foi periciado. É um carro com registro de furto e, portanto, buscaremos localizar a vítima. Assim que ela for qualificada, o veículo será restituído. Agora aguardaremos o resultado da perícia para ver se obteve alguma evidência que possa nos auxiliar na investigação”, disse o delegado Diones Freitas, da delegacia de Lebon Régis.

No interior do Logan, os policiais encontraram um balde com “miguelitos”, que é um artefato utilizado por bandidos para furar pneus de viaturas. O material é semelhante ao usado pelos criminosos que agiram na agência do Sicoob de Fraiburgo, na semana passada.

O assalto

Quatro homens armados e encapuzados assaltaram o banco Bradesco de Lebon Régis e roubaram aproximadamente R$ 150 mil. O roubo ocorreu no dia 29 de maio.

Um dos assaltantes ficou na porta do banco, em vigília. Enquanto isso, os outros três homens renderam um técnico de manutenção das máquinas de autoatendimento e um outro funcionário. Eles obrigaram ambos a ficarem de joelhos e apontaram uma arma na cabeça dos funcionários.

Os assaltantes portavam uma espingarda calibre 12, dois revólveres e uma faca. Ao sair da agência, levaram as imagens das câmeras de monitoramento e o dinheiro.

Leia mais --> Assaltantes levaram mais de R$ 100 mil de banco em Lebon Régis

 



Comentários (1)

Cidadão

06/06/2019 19:49

Os tcho eram preparados, sabiam de mais, pode ter certeza que existe alguem de dentro ai.

Deixe seu comentário