Off-road

Aumentam expectativas de caçadorenses para o Transcatarina 2019

A 11ª edição vem com a promessa de ser uma das melhores edições de todos os tempos

Apaixonados por terra, aventura e veículos 4x4! Pilotos e navegadores de 100 cidades e nove estados se reunirão daqui 13 dias para o Transcatarina 2019 – evento realizado pela SC Racing. Entre os dias 09 e 13 de julho, os motores irão roncar por cerca de 800 quilômetros que ligarão as cidades de Fraiburgo e Blumenau, com parada em Caçador e Rio Negrinho. Até o momento, 195 veículos estão inscritos.


Troller do navegador caçadorense Claudemir Hubner (Foto: Doni Castilho/DFOTOS)

Para quem ainda não se inscreveu, é bom se apressar no www.transcatarina.com.br, e escolher entre as categorias de competição (Máster, Graduados, Turismo, Turismo Light e Turismo Iniciante) e passeio, sendo que, apenas a Passeio Radical I ainda tem vagas (apenas três) – a Passeio Radical II e Adventure já estão lotadas.


Troller da dupla Bruno Rozalen Tesser e Welliton Luan Scotti

Quem não marcou bobeira e garantiu um lugar neste grid foi o navegador Claudemir Hubner, que competirá com o piloto Victor Pudell (de Toledo, PR) pela categoria Máster – na edição de 2018, a dupla ficou com a 12ª posição. “Já participei de nove edições do Transcatarina e estamos bem animados para mais uma disputa”, disse o navegador. “Competir neste evento é uma oportunidade única, pois a organização apresenta todo o tipo de terreno que se pode imaginar – barro, pedra, piso batido, por entre áreas de reflorestamento, etc –, além das famosas pegadinhas. Esperamos ficar entre os dez primeiros colocados na nossa categoria”, declarou Hubner. Também de Caçador, seguirá Bruno Rozalen Tesser e Welliton Luan Scotti, que buscarão o título da categoria Graduados.

De acordo com o diretor geral do evento, Edson João da Costa, a competição passará por propriedades de reflorestamento de eucaliptos e pinus, pomares de maçã e bananais. Estão confirmados o Autódromo de São Bento, a Expoama, Autódromo Municipal Lourenço Schreiner e, não poderia ficar de fora, as trilhas da Mineração Veiga. “Reunimos na 11ª edição tudo o que pilotos e navegadores mais gostam no rali de regularidade. Além das fazendas que sempre utilizamos e o pessoal adora, fechamos parceria com oito novas fazendas e seguiremos o nosso padrão de fazer rali de regularidade: etapas técnicas, médias de velocidade justas e muitas pegadinhas e balaios. Nossa meta é superar as expectativas dos competidores”, destacou Costa.

O ponto de encontro do Transcatarina 2019 será no Hotel Renar – que há 11 anos mantém essa parceria e incentiva a realização do evento. A secretaria de prova será aberta no dia 09, a partir das 10h para recepcionar os participantes, que além de confirmar presença, retirarão os kits e passarão os veículos pelas vistorias técnicas.



Comentários (0)


Deixe seu comentário