Caçador

Júri do homicídio de Sueli Paz Maurício é marcado para julho

O acusado, Jucimar de Paula Pires, continua preso desde fevereiro do ano passado

Foi marcado para o dia 12 de julho o júri popular do homicídio de Sueli Paz Maurício, mulher encontrada morta embaixo da Ponte do Trabalhador, em fevereiro do ano passado. O acusado de cometer o crime, Jucimar de Paula Pires, continua preso aguardando o julgamento.

A vítima tinha 39 anos e era natural de Rio das Antas. O seu corpo foi encontrado no Rio do Peixe por populares no dia 10 de fevereiro de 2018, e apresentava sinais de traumatismo craniano. Nas proximidades, foram encontradas marcas de sangue em algumas pedras.

Jucimar foi preso oito dias depois pela Polícia Civil, que investigou o crime. Segundo as autoridades, o suspeito confessou o delito em depoimento. Alguns dias depois, uma reprodução simulada do assassinato foi realizada pela polícia a fim de esclarecer algumas dúvidas.

O júri popular acontece no Tribunal do Fórum de Caçador e será presidido pelo juiz de direito Gilberto Kilian do Anjos. A sessão é aberta ao público e inicia às 9h.



Comentários (0)


Deixe seu comentário