Boato

Prefeitura desmente fake news sobre ponto de ônibus

Um morador acusou o poder público de gastar R$ 16 mil com um único ponto

A Prefeitura de Caçador informou que não gastou, nem vai gastar R$ 16 mil para construir apenas um ponto de ônibus. A fake news (informação falsa) foi divulgada em um perfil do Facebook de um morador da cidade.

De acordo com do diretor de Inovação e Planejamento, Alexandre Schermach, do Instituto de Pesquisa e Planejamento de Caçador (IPPUC), o valor unitário na confecção do novo modelo de pontos de ônibus, que serão inicialmente instalados nos bairros, será bastante em conta, se considerada a sua praticidade e forma de instalação.

“Atualmente, os valores de mercado giram entre R$ 5 mil e R$ 6 mil, em abrigos comumente vistos nos municípios vizinhos. O nosso terá um valor bem menor do que isso”, destacou.

Além disso, Alexandre destaca que o protótipo (objeto de estudo), instalado ao lado da UPA, custou cerca de R$ 1.800,00 e que teve por objetivo validar o modelo e que, após isso, teve adequações e ajustes.

Além disso, foi feita uma pesquisa em todos os locais onde há necessidade de pontos de ônibus, além do envolvimento dos presidentes de bairros, que apontaram os locais prioritários neste primeiro momento.

“Acoplado ao abrigo, desenvolvido pelo IPPUC, haverá uma Identificação da rua, e um QR-CODE, que quando lido, mostra a localização no mapa da cidade, além de uma lixeira. O produto final, em policarbonato e com as alterações, ficou em R$ 3.200,00 para cada ponto, de acordo com licitação feita pela Prefeitura”, destacou.

Para cobrir a necessidade dos bairros é necessária a instalação de 168 abrigos de ônibus. Após verificadas as melhorias indispensáveis ao protótipo e com o processo de licitação, para adquirir os materiais para a construção dos abrigos, serão instalados, em breve, 40 pontos, se estendendo, até o final do ano, a 100 novos pontos.

“Lamentamos que informações falsas sejam divulgadas com a única e exclusiva intenção de denegrir a imagem do nosso trabalho. Trabalhamos para que as pessoas tenham mais qualidade de vida e queremos utilizar muito bem os recursos para que possamos levar mais e mais melhorias para todos os cidadãos”, finalizou Alexandre.

O mesmo perfil que divulgou esta informação também fez uma publicação falando do estado em que se encontrava a Usina de Leite da Prefeitura, questionando em que condições o tal leite é servido para as crianças. Mas, segundo a Prefeitura, a usina está desativada há mais de 15 anos e não produz mais nada desde então.



Comentários (20)

Revendo

10/07/2019 16:06

Muito bom o projeto. Existe guarda-chuva pra comprar. O elemento deveria ser processado. É ponto de ônibus e não lotação. Lotação é quando está lotado completamente. Nunca vai agradar a todos, que tal não colocar e ficar todo mundo no tempo totalmente? É a estória do sapo: me joga no fogo ou na água...

Revendo

10/07/2019 16:05

Muito bom o projeto. Existe guarda-chuva pra comprar. O elemento deveria ser processado. É ponto de ônibus e não lotação. Lotação é quando está lotado completamente. Nunca vai agradar a todos, que tal não colocar e ficar todo mundo no tempo totalmente? É a estória do sapo: me joga no fogo ou na água...

cidadao

10/07/2019 15:50

altos banho iremos tomar gente kkkk

Para kkkk

10/07/2019 13:56

Eu estava justamente achando parecido com umas metades de tambor... KKKKKKK. O pessoal do IPUC já foi mais criativo! Se não tem capacidade, copie. Tem tantos modelos fora daqui, que ajudam a embelezar a cidade. Desculpa, mas, ficou muito feio.

Bem baratinho

10/07/2019 13:50

Bem baratinho e bem feinho também. Acredito que nossa cidade merece algo mais moderno e bonito, não necessariamente caro. Não adianta exigir passeios, canteiros, praças, jardins, asfalto e uns pontos de ônibus horríveis e desconfortáveis quanto estes.

observador c

10/07/2019 13:40

Qdo foi feita a licitação para linhas de ônibus quem ganhasse deveria construir os pontos, isso foi divulgado para a comunidade. E agora a prefeitua que vai construir?

Usuário

10/07/2019 13:29

Vejo todo mundo reclamando que não são adequados, que não protegem, que deveriam ser maiores. Por acaso já pararam para analisar a largura dos passeios existentes em nosso município? O tamanho do ponto de ônibus depende diretamente da largura do passeio, impossível executar um ponto que proteja do sol/chuva/vento em uma calçada que tem 1,50m de largura. Sem contar que o ponto não pode ocupar totalmente a largura da calçada, pois deve deixar passagem para os pedestres, e também deve ser recuado para que o ônibus não enrosque o retrovisor na cobertura. Então, antes de reclamar mais, realmente estudem os fatos, e percebam que nossa cidade não foi um lugar planejado, e por isso tudo precisa se adaptar para cada local.

Para Debora e Jonas, mesma pessoa

10/07/2019 11:16

Você não sabe nem escrever direito. FAKE news, não "facknews". E de fake news o outro lado ferve.

Bronhilda

10/07/2019 10:51

Na terra do miserê qualquer R$ 1.000,oo da um banzé. Existem duas maneiras de crescer na vida, a maioria pensa em "economizar", os sábios pensam em "ganhar mais", mas aí é que entram aqueles componentes que fazem a diferença: preguiça, acomodação, arrojo, perceverança, ambição, formação, cultura, aí lascou Caçador.

jandir antonio rigo

10/07/2019 09:08

Não lembro a cidade que lançou, mas fizeram utilizando container"s. Ficou extremamente agradável, funcional, seguro. Os de nossa cidade,, até aqui, definitivamente não são adequados. Não protejam de chuva mais intensa, são diminutos, FEIOS !. Este que menciono, tinha nas laterais extremas, pinturas bastante simpáticas. Um das laterais evidentemente totalmente aberta, para acolher os usuários. A de traz, servia de anteparo e suporte para os bancos de espera. Fica a sugestão.

kkkkk

10/07/2019 08:49

quando chover essa churrasqueira de ponta cabeça vai proteger quem ????? deveriam repensar em um projeto melhor que servi e beneficie a população que utiliza o transporte publico caro da cidade.

Olá

10/07/2019 08:06

Bem que poderia ter um ponto de parada de lotação na rodoviária quem precisa ficar dia de chuvas na quele ponto pra cima da rodoviária se molha todo. Afinal e só caçador que não tem parada de lotação na rodoviária fica a dica.

Adilson

10/07/2019 07:37

Pontos de ônibus que não protege nada, se chover a pessoa se molha, se ter sol forte fica torrando até o ônibus passar, é necessários construir pontos de ônibus adequados que tenham alguma proteção, senão não tem por que ficar gastando dinheiro público com algo, que só marca o lugar de onde tem que esperar o ônibus passar.

Jonas Juvencio

10/07/2019 02:32

Não culpo quem fez essa facknews, não concordo, com essa prática, mas ele só está seguindo o cacique da tribo Brasil.

lino

10/07/2019 00:15

prefeitura deve processar este elemento que fica agitando

Débora Buchelet

10/07/2019 00:01

Nosso País é Governado por um Facknews, chega ser vergonhoso assistir ao JN o Jornal da Record ou do sbt, estão o tempo todo tentando defender o indefensável, O país infelizmente virou uma Facknews, isso é ruim para todos, quando era para ajudar o Rei do Faknews dai tinha gente que aplaudia e compartilhava, agora que muitos estão provando do proprio veneno ficam bravos, eu NÃO apoio Facknews. A prefeitura está trabalhando, nosso município está mostrando serviço e isso é bom e apoio o bom trabalho.

Que feio

09/07/2019 23:51

Tem muita gente que só sabe falar mal, criticar e não fazem nada para ajudar. Pior ainda é criticar sem ter o mínimo de informações e conhecimentos. Lamentável a atitude de algumas pessoas.

Morador

09/07/2019 19:27

O cara é um desocupado mesmo fez uma materia sobre as caixas d'água no b dos municípios falando que tinha muito mato em volta das caixas mas vemos que o mato e verde é vida e sombra

Lucas

09/07/2019 19:24

E não cabe alguma ação judicial por parte da prefeitura contra esse cidadão? Esses "fiscalizadores" do dinheiro público desinformados só prestam desserviço.

?

09/07/2019 18:43

Quem é o morador?

Deixe seu comentário