Carteira assinada

Caçador fecha o semestre com saldo positivo de empregos

A indústria continua sendo o setor que mais gera empregos formais no município

Caçador fechou o primeiro semestre de 2019 com saldo positivo de empregos formais, aponta a última atualização divulgada hoje (25) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). De janeiro a junho, foram 5.956 admissões e 5.436 demissões, abrindo 520 vagas nos seis primeiros meses.

A indústria continua sendo o setor que mais contrata. Neste ano, até junho, foram 1.397 vagas preenchidas somente para a função de alimentador de linha de produção. Auxiliar de escritório aparece em 2º lugar com 338 admissões e vendedor de comercio varejista com 242, em seguida.

Em toda Santa Catarina, foram criados 49,8 mil postos de trabalho formais até junho. É o melhor resultado do Sul do Brasil para o período e o terceiro melhor saldo do país.

Dados de Caçador 2019

Janeiro: 1.386 admissões e 896 demissões (+490)

Fevereiro: 999 admissões e 1.012 demissões (-13)

Março: 883 admissões e 991 demissões (-108)

Abril: 896 admissões e 868 demissões (+28)

Maio: 903 admissões e 854 demissões (+49)

Junho: 808 admissões e 749 demissões (+59)

Dados de Caçador 2018

Janeiro: 1000 admissões e 779 desligamentos (+221)

Fevereiro: 1405 admissões e 830 desligamentos (+575)

Março: 969 admissões e 982 desligamentos (-13)

Abril: 1054 admissões e 993 desligamentos (+61)

Maio: 825 admissões e 822 desligamentos (+3)

Junho: 803 admissões e 757 desligamentos (+46)

Agosto: 804 admissões e 821 desligamentos (-17)

Setembro: 826 admissões e 663 desligamentos (+163)

Outubro: 911 admissões e 745 desligamentos (+166)

Novembro: 672 admissões e 653 desligamentos (+19)

Dezembro: 542 admissões e 891 desligamentos (-357)

Dados de Caçador 2017

Janeiro: 851 admissões e 791 desligamentos (+60)

Fevereiro: 1193 admissões e 811 desligamentos (+382)

Março: 931 admissões e 975 desligamentos (-44)

Abril: 715 admissões e 905 desligamentos (-190)

Maio: 746 admissões e 774 desligamentos (-28)

Junho: 697 admissões e 745 desligamentos (-48)

Julho: 697 admissões e 763 desligamentos (-66)

Agosto: 826 admissões e 840 desligamentos (-14)

Setembro: 29 admissões e 647 desligamentos (+82)

Outubro: 789 admissões e 652 desligamentos (+136)

Novembro: 740 admissões e 650 desligamentos (+90)

Dezembro: 455 admissões e 956 desligamentos (-501)

 



Comentários (2)

aiinn

25/07/2019 17:23

cupa du bozz... não, pera. Mérito da iniciativa privada. Governo nenhum gera emprego. Governo gera cargo.

presidente

25/07/2019 16:35

Culpa do Bozo kkk

Deixe seu comentário