Descaminho

Comerciante de Caçador é preso com produtos importados ilegalmente

O flagrante ocorreu na cidade de Dionísio Cerqueira/SC na tarde de quinta-feira

Um homem que possui comércio em Caçador foi preso em flagrante na cidade Dionísio Cerqueira/SC, com produtos importados ilegalmente no país. Ele conduzia um veículo Gol, de cor branca, que estava carregado com mercadorias compradas na Argentina.

Segundo informações, a Polícia Militar abordou o veículo próximo à Aduana de Turismo após denúncias. No automóvel, os policiais localizaram mais de 600 unidades de desodorante, 36 garrafas de vinho e outras mercadorias.

O motorista informou que adquiriu os produtos na Argentina e que possui um estabelecimento comercial em Caçador, onde iria revendê-los. O homem foi conduzido à delegacia e o material foi apreendido.



Comentários (9)

Fiscalização

13/08/2019 08:44

O que precisa é fiscalização na cidade. Dar batidas de surpresa acaba já com essa prática.

Gregorio do Berguer

12/08/2019 22:50

Bxzo lava investida na Argentina, o Neoliberal Macri levou nos dedos nas prévias da Argentina.

Walderly

12/08/2019 20:22

Bom, isso é ruim para o proprio comércio local, é concorrencia desleal. Tudo bem que é um roubo esses impostos, mas se é ilegal ir comprar sem nota, ou sem guia de importação então está errado. E nem sei se vale a pena ir lá na Argentina pegar desodorante, com o preço de combustível e despesa de viagem sobra muito pouco ou nada e ainda corre o risco de perder tudo e até o meio de transporte. Eu acredito que não vale o risco. Tem mercado vendendo a R$ 8.99 aqui Dai o tho vai vender mais caro.

Deixa ele trabalhar

12/08/2019 17:52

Deixa o povo trabalhar. Nao é droga!

Justiça

12/08/2019 15:22

Tenho pena de nossos comerciantes, que tenham que passar por isso!! para sobreviverem com esses impostos.

leitor

12/08/2019 14:53

Vão fiscalizar os bairros estão cheios de loja desse tipo com coisarada tudo sem nota. Até no centro da cidade tem.

Carlão

12/08/2019 12:47

Deixa os cara trabalha se fosse droga até concordaria

Australopithecus

12/08/2019 12:44

Devia importar toalha de banho e sabão em pedra. No inverno os seiscentos (600) desodorantes não disfarçam a catinga do povo que não toma banho. Andam por aí igual Gambá com a cachorrada de atrás.

leitor

12/08/2019 10:31

isso é o que mais tem aqui na cidade

Deixe seu comentário