0,3 mm
13,8°C
 
Dados Gerais

População: 70.735 habitantes (Censo 2010 - IBGE)
- Rural: 6.304 (8,91%)
- Urbana: 64.431 (91,09%)
- Densidade Demográfica: 72,03 hab/km²

Data da fundação - 22 de fevereiro de 1934.
Data da inauguração - 25 de março de 1934.

Localização: Meio-oeste catarinense, no Alto Vale do Rio do Peixe, a 400 km de Florianópolis.

Área: 982 km²

Clima: Subtropical úmido, com verões quentes e chuvosos e invernos frios e secos, tendo as quatro estações do ano bem definidas.

Altitude média: 930 metros acima do nível do mar.

Relevo: Planáltico (Vales)

Vegetação: Mata de Araucária

Temperatura Média: 17º C

Economia: Cerca de 290 indústrias de diversas áreas fazem com que Caçador seja considerada a “Capital Industrial do Meio Oeste”.  Destaque para o setor madeireiro. Através de suas próprias florestas, o município produz madeira serrada, celulose, papel, papelão, mobília, entre outros derivados, contando ainda com indústrias de produção metal-mecânica, plástica, couro/calçadista e confecções. Na agricultura, destaca-se a cultura do tomate, maior produtor do Sul do Brasil, além da uva, vinho, pêssego, pimentão e milho.

PIB: R$ 1.027.647.000,00  – 15ª Economia e 8º maior exportador de Santa Catarina

Colonização: Predominantemente Italiana

Outras etnias presentes: Alemã, Suíça, Japonesa, Árabe, Polonesa, Sírio-Libanesa, Ucraniana e Portuguesa.

IDH: Índice de Desenvolvimento Humano é de 0.793 segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000)

Limites: Calmon, Rio das Antas, Videira, Macieira, Lebon Régis, Salto Veloso, Palmas (PR).

Prefeito: Beto Comazzetto (PMDB)

Endereço da Prefeitura: Av. Santa Catarina, 195 - Caixa Postal 401

CEP: 89500-000

Site oficial: www.cacador.sc.gov.br

Festa do Município: 25 de março

Feinacc: Feira Industrial, Agropecuária e Comercial de Caçador - Outubro

Festa da Fogueira e do Quentão: Julho

Brasão:

Instituído em 1966, o brasão do Município de Caçador representa a etnia, origem, cultura e tradição da população caçadorense, num escudo samnítico (ou francês moderno) com o desenho dividido em: campo, morrião (parte superior), suportes e divisa.

A bordadura azul do campo representa a hospitalidade, nobreza, zelo, lealdade e características do povo: nesta bordadura estão colocadas oito perdizes, em ouro metálico, para representar a fauna. Delimitando esta bordadura, a cor prata metálica simboliza a justiça, equidade, amizade e pureza.

No centro do campo está uma montanha a mostrar o relevo acidentado, em cor vermelha, representando a conquista e povoamento do território, quando os desbravadores enfrentaram os índios e animais selvagens, contando ainda com o sangue derramado na Guerra do Contestado.

Em cima da montanha, em cor verde, simbolizando a esperança, a cortesia e a alegria da população, está um pinheiro, símbolo da Floresta de Araucária, também manifestando perseverança e fecundidade. Sobreposto à montanha, em cor prata e malhas em preto está o cão perdigueiro, na simbologia da caça, que deu origem ao nome do Município.

Em cima do campo do escudo, está o morrião, constituído por uma coroa de cor prata formado por oito torres, sendo apenas cinco visíveis na perspectiva, simbolizando a autonomia municipal e a polarização regional.

Suportando o campo e o morrião, à direita está a haste de trigo e, à esquerda, o ramo de videira, com as pontas cruzadas embaixo, simbolizando a riqueza do solo e das primeiras culturas dos imigrantes.
A divisa consta, na parte inferior do brasão, entre a ponta do campo do escudo e o cruzamento das hastes-sustentáculas: há um listel, em azul, com a palavra ´Caçador´ em primeiro plano, com os dizeres “25 de março” e “1934” em cor metálica, assinalando a data de instalação do Município.

Bandeira

A bandeira do município de Caçador, retangular, cujo formato e medidas obedecem as mesmas orientações da Bandeira do Brasil para sua confecção e apresentação, é formada em oitavadas, num campo azul, tendo ao centro um retângulo menor, em campo branco, onde se sobressai o Brasão do Município.

Delimitando as oitavadas, deste retângulo branco partem as oito faixas brancas, sobre faixas vermelhas, até os quatro vértices a até os pontos médios dos quatro lados. Salientando as cores azul, branco e vermelho, a bandeira tem o governo representado pela inclusão do Brasão, no centro, irradiando sua influência e autoridade, através das oito faixas brancas e vermelhas, a todos os quadrantes do Município, cujas terras são representadas pelas oitavadas, em azul.

Hino

Caçador é um Rio pequenino
que deu nome à minha Cidade
e você que aqui se encontra
com certeza está bem a vontade.
É Caçador Capital da indústria,
das parreiras e dos pinheirais.
Aqui eu vivo, aqui eu trabalho
e me orgulho até demais
A juventude que na escola, no esporte e outras mil
Desta terra tão querida, que é o recanto
dos amigos do Brasil.

Letra: Oswaldo Olsen