Toni Corrêa

O refrigerante "salgado" de Brusque


Esta postagem não há de defender a instalação de lojas da Havan na nossa região, mas serve para trazer à tona uma verdade, que são os absurdos de preços praticados no entorno da loja de Brusque.

Os preços da loja são competitivos sim, mas por exemplo, fazer um lanche no estabelecimento localizado dentro da loja de Brusque pode sair um pouco caro.

Veja esta: revolvi tomar um refrigerante naquele estabelecimento, junto com meu filho. Aliás, dei a ele o dinheiro para o pagamento e me assustei com o valor cobrado.

Dois refrigerantes de 300 ml, R$ 12,00. Isto sem falar em outros preços.


Toni Corrêa

Bacharel em Secretariado Executivo Bilíngue, Mestre em Ciências da Educação, atua na área da comunicação desde 1988, com longas passagens pelo rádio, jornal e portal de notícias. É também escritor, cerimonialista e palestrante. Sua coluna traz informações sobre os bastidores da política local, regional e nacional, além de economia e assuntos gerais, que interessam principalmente a Caçador e região.

tonicorrea@gmail.com